Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

27/02/2020

O Círculo de Júpiter

Super-heróis como nós...



Um dos chavões mais repetidos - e com razão - para justificar o sucesso das criações de Stan Lee - & parceiros desenhadores… - para a (criação da) Marvel (tal como a (re)conhecemos hoje) foi que os seus (super-)heróis tinham os mesmos problemas que os humanos: contas para pagar, falta de auto-estima, conflitos familiares, vítimas de bullying (mesmo que o conceito ainda não existisse na época)…
Em O Círculo de Júpiter, Mark Millar eleva - ou será que rebaixa? - esse conceito a um outro nível.

26/02/2020

Billy “o Botas”

Reler







Se ler é um vício que me acompanha praticamente desde que o sei fazer, reler é outro que lhe está associado e que desde então pratico. Cada vez menos, ao longo dos anos, reconheço, porque o tempo é menor e a oferta cada vez maior - para além da vida ter mudado.

25/02/2020

Os Cinco e a Ilha do Tesouro/Os Cinco e a Passagem Secreta

 
Regresso... aos quadradinhos

Contextualização
Os Famosos Cinco, Júlio, David, Ana, Zé e Tim, os quatro adolescentes e o cão criados por Enid Blyton (1887-1968)), que fizeram - e fazem - sonhar gerações, estão de volta, (outra vez) em banda desenhada, numa edição francófona recente, ainda em curso na origem
Os dois primeiros volumes chegam hoje às livrarias, para descoberta de alguns e recordar a outros devaneios da adolescência na procura de passagens secretas em todos os cantos das suas casas, no sonho de encontrar tesouros e prender bandidos, no desejo de lancharem chá e scones e na vontade de passar as férias a passear de bicicleta, a acampar na Ilha Kirrin ou em caravanas puxadas por cavalos.

21/02/2020

Dragonero: El fin de Yastrad

Segredos

O que faz o sucesso - ou a falta dele? - de uma série? Porque razão Tex é publicado há mais de 70 anos e outros westerns (equiparáveis) ficaram pelo caminho, alguns dos quais até sem deixar memória? Ou o que levou a que Astérix se tornasse mais popular do que Humpá-pá? Ou, entrando no livro de hoje, o que faz de Dragonero um dos grandes sucessos actuais da Bonelli - dentro e fora de Itália?
Obviamente não existe uma resposta genérica nem há uma fórmula de sucesso garantido - ou então, cada nova criação bateria recordes de vendas. Mais do que isso, para cada um dos casos citados - e para dezenas, centenas de outros que poderia ter apontado - a resposta não é a mesma, embora possa haver nela(s) pontos em comum.

19/02/2020

Criminal Livro Dois

Em expansão







Um dos livros do ano para As Leituras do Pedro, segundo a mesma fonte integrante de uma das séries que todos deviam acompanhar, Criminal Livro Dois, mantendo - potenciando até - tudo aquilo que fazia do primeiro volume uma obra incontornável, revela um universo em constante expansão.

18/02/2020

Ms. Marvel #3 e #4

 
Mais uma
Mais uma” - escrevi acima - série completa em Portugal: Ms. Marvel.
Mais uma - não por acaso, mas também não obrigatoriamente - série editada integralmente pela G. Floy.
Mas não é só por isso - embora também - que hoje trago uma banda desenhada que, na sua essência, bebe nos quadradinhos de super-heróis dos anos 1960 aspectos determinantes que tantas vezes esquecemos: identifica-se com o seu público-alvo, ao mesmo tempo que distrai e diverte.

16/02/2020

Watchmen/Doomsday Clock: a nova colecção Levoir/Público







Começou ontem, sábado, a nova colecção Levoir/Público, intitulada Watchmen/Doomsday Clock.
No total serão 10 volumes, cujas lombadas formarão uma imagem, publicados semanalmente, ao sábado, com o jornal Público, ao preço unitário de 9,90 €, até dia 11 de Abril.
Já a seguir, o conteúdo de cada volume e os visuais já disponíveis.

12/02/2020

2019: 18 livros de BD a ler





Termina, com esta entrada, o (longo mas intermitente) Balanço de 2019 levado a cabo por As Leituras do Pedro.
E termina da melhor forma, destacando 18 obras de BD, das 229 publicadas em Portugal no ano passado, que todos deveriam ler, apresentados por ordem alfabética em ambas as categorias.
Esta última entrada está dedicada a livros fechados em si mesmo, que dispensam outras leituras ou conhecimentos mesmo que, nalguns casos, estejam inseridos em séries em curso.

11/02/2020

Os Escorpiões do Deserto #1

Para além de Corto



Há autores que associámos a uma única obra. [Ao correr da escrita, Morris, com Lucky Luke é o primeiro nome que me ocorre, mas Uderzo/Astérix seria outro.]
Nalguns casos, fazê-lo é esquecer - injustamente - obras que a projecção do principal destaque lançaram numa sombra injusta.
Se Hugo Pratt é Corto Maltese (e vice-versa), limitar a carreira do criador italiano a essa obra de referência, é ignorar outras criações relevantes, como Sargento Kirk ou estes Escorpiões do Deserto.

Lançamento: Duke #4

07/02/2020

Bruno Brazil: Black Program

Regresso nostálgico


Resumo
Primeiro volume de As Novas Aventuras de Bruno Brazil, Black Program leva-nos a reencontrar os membros (sobreviventes) da Brigada Caimão, poucos meses após o desastre de Quite ou double pour Alak 6, empenhados em ultrapassar os acontecimentos traumáticos e com uma tripla missão em mãos: capturar o assassino do ex-inimigo público n.º 1, descobrir os responsáveis pela fuga de uma prisão de alta segurança de Rebelle, a sua inimiga de sempre, e encontrar um génio desaparecido misteriosamente.

Lançamento: A história de uma serva

06/02/2020

Quimeras fascinantes

Saudade das revistas


Cresci - e cresci na BD - como leitor de revistas: Mickey, Mundo de Aventuras, CIMOC, (A Suivre), Bodoï, para citar apenas as principais e mais duradouras...
Curiosamente, se hoje em dia me afastei delas e não lhes sinto (muito) a falta, há algo de que tenho saudades: as histórias curtas que preenchiam espaços e revelavam (outras facetas de) autores, que seduziam pela eficácia e/ou pelo inesperado…
Quimeras fascinantes, uma colectânea de histórias curtas de Milo Manara, evocou em mim essa saudade…

Lançamento: A invencível Vitória Carmim

05/02/2020

Nuno Plati: “O franco-belga era um sonho de criança”







É português, chama-se Nuno Plati e descobrimo-lo como desenhador nos super-heróis da Marvel. No início de Janeiro deste ano, fez a sua estreia no mercado franco-belga em Métanöide, que serviu de pretexto para a conversa por mail que se segue.

04/02/2020

Andrómeda

Sem respostas





Sensação estranha, chegar ao fim da leitura de um livro com um certo sentimento de prazer, em oposição à ideia de que nada - muito pouco… - nos foi contado... ou que todas as perguntas que nos surgiram ficaram sem resposta.
Foi o que me aconteceu com Andrómeda ou O longo caminho para casa.

Lançamentos: Bruno Brazil #1 e O Nascimento dos deuses

 

03/02/2020

2019: 15 Obras a traduzir









Das mais de 160 edições estrangeiras lidas durante 2019, As Leituras do Pedro indicam a seguir, sem qualquer critério de ordenação e sendo algumas one-shots e outras séries, algumas das que gostava de ver editadas por cá - mesmo sabendo já que algumas delas vão mesmo ser editadas!

Lançamento: Andrómeda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...