Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

18 de dezembro de 2014

Batman 75 Anos: a nova colecção Levoir/Sol













A Levoir anunciou há cerca de quinze dias, na sua página do Facebook, que em Janeiro vai lançar, em parceria com o semanário SOL, uma nova colecção de BD intitulada Batman 75 Anos e As Leituras do Pedro divulgam hoje em primeira mão as primeiras capas oficiais da colecção.

17 de dezembro de 2014

Happy!











Se a quadra natalícia é propícia a histórias mais ternas e/ou lamechas, imbuídas do (chamado?) espírito da época, alguns escolhem caminhos tortuosos para atingirem aquele desiderato.
Como a dupla Grant Morrison (que dispensa apresentações) e Darick Robertson (The Boys, Transmetropolitan) neste Happy!.

Leituras Novas Brasil: Café Espacial #13










O décimo terceiro número da Café Espacial traz as HQs: Tarde para o amor, de Alejandro Farías e Cris Aguirre; Leviatã, de L.M. Melite, Damasco, de Lielson Zeni e Alexandre Lourenço; Um último monólogo, de Lucio Luiz e Flávio Soares; e A vida eterna (de Machado de Assis), por Floreal Andrade.
A seção Café Literário traz os contos Bonsai (de Lídia Basoli) e Um entre cem caminhos (de Rachel Boaventura).
 A edição traz também: a seção Arte revelada: A marcha de Jorge L. Campos; o protagonismo de personagens femininas na seção Além do cinema (por Débora Raphaeta); a poesia visual de Jefferson Cortinove, e na seção Cafeína pura! matéria sobre a banda ruído/mm (por Lielson).

Descrição: 100 páginas, formato 14 × 21 cm, capa colorida e miolo em preto e branco.
Capa: Ana Vieira (POR)




(Texto e imagem disponibilizados pela editora)

16 de dezembro de 2014

Armandinho Zero



Não havendo com frequência – o que talvez até seja bom porque senão deixaríamos de as valorizar tanto - obras como Peanuts, Mafalda ou Calvin and Hobbes, o que geralmente procuro numa colectânea de tiras de banda desenhada é que me divirtam e surpreendam.
Armandinho Zero, cumpriu os dois pressupostos.

15 de dezembro de 2014

Dog Mendonça chega ao Brasil








Durante esta semana a Devir Livraria vai começar a distribuir no Brasil As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e PizzaBoy, primeiro tomo da trilogia escrita pelo músico e realizador português Filipe Melo e desenhada pelos argentinos Juan Cavia e Santiago Villa.
Oportunidade para os leitores brasileiros descobrirem uma divertida e conseguida homenagem aos filmes, séries de TV e quadr(ad)inhos que marcaram as gerações dos anos 80 e 90, que já vendeu mais de 30 mil exemplares no conjunto das edições portuguesa e norte-americana (da Dark Horse).

Lançamento de A Viagem do Elefante

12 de dezembro de 2014

Zombie




Depois do (aplaudido) Diário Rasgado e de Anos Dourados, Zombie marca o regresso de Marco Mendes, desta vez numa narrativa longa.
O livro, cuja minha leitura vem já a seguir, será apresentado amanhã, sábado, 13 de Dezembro, às 15h30, na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto, no âmbito da exposição Sub 40.

O fim da Marvel Now em português: a confirmação 'oficiosa'





A confirmação 'oficiosa' que faltava chegou: a nova listagem das revistas, cuja distribuição em Portugal a Panini espanhola coordena, não inclui nenhum dos títulos portugueses em publicação - Vingadores, X-Men, Homem-Aranha Superior - como As Leituras do Pedro anunciaram em primeira mão.
Como magra consolação, fica o regresso às bancas nacionais da revista Avante Vingadores, com a distribuição do primeiro número da Marvel Nova já este mês.

Nota breve
O conteúdo deste texto chegou a ser diferente, devido a um lapso de comunicação da Panini espanhola. Aos visitantes de As Leituras do Pedro, as minhas desculpas.

Ricardo Cabral e João Amaral na Dr. Kartoon


Este sábado, 13 de Dezembro, pelas 14h00, vai ter lugar na Livraria Dr Kartoon - Rua Manutenção Militar r/c, 3000-259 Coimbra - uma sessão de autógrafos com dois autores que apresentam os seus mais recentes livros: Ricardo Cabral, autor de Pontas Soltas: Lisboa, e João Amaral, com A Viagem do Elefante, baseado na obra de José Saramago.

11 de dezembro de 2014

Príncipe Valiente: El Aprendiz de Héroe





E por fim, sensivelmente 10 anos depois, Manuel Caldas chega a meio do seu sonho.
Com o presente volume, já restaurou – minuciosa e apaixonadamente – metade da obra-prima de Harold Rudolf Foster, Prince Vailant.
São, até agora, 1038 – das cerca de 2200 – pranchas que Foster escreveu e desenhou. Serão, estimo eu, mais de 8000 vinhetas (muitas delas magníficas), mais de 300 000 palavras (que compõem textos inspirados e sedutores).
Representam - calculando por baixo? - umas 12 000 horas de trabalho, 500 dias (completos) ou ano e meio ininterrupto debruçado em edições, publicações, provas, cópias, scanners e ecrãs de computadores…
Representa, com custos (físicos? materiais?...) a concretização - dura, obstinada, dedicada e laboriosa – do sonho que há anos persegue.
Muitas vezes maltratado, desprezado, ignorado – à custa disso, nós, portugueses, perdemos o comboio desta monumental reedição – prossegue (positivamente) obstinado.
Obrigado caro Manuel Caldas. Vai ser um prazer e um sacrifício aguardar mais 10 anos até que o teu sonho esteja integralmente cumprido.

10 de dezembro de 2014

XIII #1










Começa hoje – agora a sério – a nova colecção de banda desenhada do Público, integralmente preenchida com a série XIII.
Depois do tiro no pé que constituiu o arranque com o volume 11, o díptico O Dia do Sol Negro/Para onde vai o índio, apresenta já em (quase) todo o seu esplendor, um dos melhores thrillers já narrados aos quadradinhos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...