Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

28/05/2019

Zaroff

Caça ao homem

1932. Zaroff, um exilado russo, fugido da pátria após a revolução de 1917, reina sob uma pequena ilha ao largo do Brasil.
Naquele local, preparado à medida da sua paixão - a caça - dá largas ao supremo prazer daqueles que fazem da perseguição a outros seres vivos o seu modo de vida, com uma variante: persegue seres humanos sobreviventes dos barcos que faz naufragar e, após a caçada consumada, exibe as suas cabeças como troféus nas paredes do seu pequeno castelo.
Até ao dia em uma das suas presas consegue fugir e contar o que vi(ve)u. Uma das poucas que acreditam nele é uma jovem herdeira de um clã irlandês dos Estados Unidos, cujo pai desaparecera naquela zona.

XV FIBD Beja - Autores & Obras: Altarriba & Kim

 

23/05/2019

Le Storie: El Inquisidor

A dois tempos





A sua proveniência da colecção Le Storie, o nome de Gianfranco Manfredi no argumento e a temática, a (dita) Santa Inquisição, fizeram com que me aproximasse desta obra com fundadas expectativas.
Saí da leitura dividido - tal como está a narrativa.

Prémio Geraldes Lino 2019 para Patrícia Guimarães






A sessão de entrega do Prémio Geraldes Lino 2019 (e o lançamento do fanzine Pêra Verde, de Patrícia Guimarães), decorrerá na Bedeteca de Beja, no sábado dia 1 de junho, às 21h15.

Lançamento: Lazarus Um

22/05/2019

Pitanga: O colega de Sevilha

Aventuras e tribulações de um barbeiro a domicílio






Já o disse e escrevi muitas vezes e - escudado pela releitura ‘integral’ das aventuras de Pitanga - reitero: Arlindo Fagundes é uma das pessoas que em Portugal melhor narra em banda desenhada, apesar do percurso atribulado que perseguiu (quase) cada uma das edições do seu herói invulgar.

Lançamento: Spirou e Fantásio de Franquin #5 - O Gorila e Outras Aventuras

21/05/2019

Tokyo Ghoul #14 e re: #1

 
O fim e o princípio
Os casos multiplicam-se, mas considero que continua a ser necessário chamar a atenção para eles: Tokyo Ghoul, do japonês Sui Ishida, é mais uma série publicada integralmente no nosso país, no caso pela Devir portuguesa. Na prática, foram 14 volumes em pouco menos de três anos, o que é assinalável e significa praticamente um novo tomo a cada dois meses e meio.

XV FIBD Beja - Autores & Obras: Varanda e Vatine

 

20/05/2019

Tex: O Magnífico Fora da Lei e O Vingador

 
Preparar o caminho
Apesar de ter um percurso editorial com mais de sete décadas, a maioria das histórias de Tex restringe-se a um período muito curto da sua vida.
Naturalmente, reconheço, porque foi nessa idade que o ranger se afirmou junto dos leitores e granjeou a enorme popularidade de que ainda desfruta.
No entanto, as diversas mudanças que os anos recentes trouxeram à série na procura por novos leitores - cor, número de páginas, formatos, avanço para as livrarias… - tornou apetecível o seu passado, nomeadamente a sua juventude, com uma série de relatos que culminaram na série Tex Willer actualmente em curso em Itália e no Brasil.
Mas, como em todas as mudanças, há sempre duas faces de uma mesma moeda.

17/05/2019

Creepshow

Surpresa...aterrorizadora!






Começa a ser difícil contabilizar as edições capazes de surpreender quem segue a edição de banda desenhada em Portugal.
Que é como quem diz, igualmente sob um prisma interessante, neste momento é (quase) impossível garantir que esta ou aquela obra não terá edição em português.

16/05/2019

Batman: Cavaleiro Branco

Loucura partilhada



Não é um tema original, já foi igualmente explorado em obras notáveis mas esta divagação negra e dura sobre o que aproxima mais o Batman e o Joker ser maior do que aquilo que os afasta, é uma boa proposta de leitura.
Cavaleiro Branco é uma história sobre identidade(s), sobre planos e ambições, sobre uma relação de amor e ódio, acima de tudo um conto sobre a forma como a paixão por uma cidade pode mudar as pessoas - ou não. E que apresenta um duo de protagonistas constituído por três pessoas.

Lançamento: Batman - Cavaleiro Branco

15/05/2019

Homem-Aranha: O mal no coração dos homens

O mal à vista de todos



Se há uma evolução evidente - nas formas narrativa e gráfica e nas temáticas - ao longo da história da Marvel, raramente uma edição se atreveu a ir tão longe na abordagem a temas tão controversos e sensíveis como acontece neste livro.
Com uma gestação complicada - a mini-série original de 6 números arrancou em 2002 e só foi concluída em 2005 - O mal no coração dos homens aborda, de uma forma a um tempo explícita mas contida, dois flagelos da sociedade - de então, mais encobertos, como da actual, onde as denúncias são mais e mais visíveis: os abusos sexuais infantis e a violência sobre as mulheres, na forma extrema da violação.

Lançamento: Spirou e Fantásio de Franquin #4 - O Refúgio da Moreia / Os Piratas do Silêncio

(informação disponibilizada pela editora; clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

13/05/2019

Grande Encontro Turma da Mônica & Liga da Justiça

 
Às pingas...
Como noticiado já no fim-de-semana, começaram a chegar às bancas portuguesas os primeiros títulos que integram o Grande Encontro Turma da Mônica & Liga da Justiça que foi publicado no final de 2018 no Brasil.
Para já são dois os títulos distribuídos - dos 19 existentes - que (neste arranque nacional) marcam as (improváveis) parcerias entre a Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali ou Capitão Feio com Batman, Arlequina, Lanterna Verde ou Mulher Maravilha.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...