Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

06/08/2018

Leituras Novas em Julho

Destaques
 
Distribuídas em Livrarias
  

  

 


Edição de Autor


Distribuídas em bancas
  

  

  

  


Distribuídas com jornais
 

 
(clicar nas imagens para as apreciar em toda a sua extensão)

4 comentários:

  1. Compreendendo a importância de Ghost In the Shell mas Fade Out é muito mais uma obra-prima do que Ghost in the Shell, que é uma obra que vive, da sua adaptação para cinema esta sim uma obra-prima.

    Se não há dúvida que foram as grandes edições provavelmente, não só de Julho, mas se calhar do ano, a obra de sci-fi é um marco da bd japonesa, mas acho que deve ser sempre acompanhada pela visualização do filme.
    O filme anime é um caso de uma adaptação que supera o original e cria um marco da cultura pop que só chega a todo o mundo com o original "Matrix".

    Parabéns à GFloy e JBC pela duas edições. De um clássico e de um futuro clássico.

    Gostei muito da aposta num argumentista para fazer a adaptação para português. Parece-me algo muito interessante.

    ResponderEliminar
  2. Sim, concordo, o Ghost in the Shell como mangá está datado, é muitas vezes incoerente, Crying Freeman (Koike/Ikegami) é superior, envelheceu menos. Mesmo a série Stand Alone Complex é mais salutar.

    O anime do GIT continua a ver-se bem e é infinitamente superior ao filme que saiu há pouco tempo mas que mesmo assim é uma boa tentativa de abordar a obra numa perspectiva diferente, talvez tenha sido mal sucedido por não terem adoptado o escalão R (o anime é M16, o filme M12)

    Bom, da maneira como andam a editar a parelha Brubaker/Philips espero que não leve muito mais tempo para sair o "Incognito".



    ResponderEliminar
  3. O GIT não se continua a ver bem. É um filmaço de sci-fi.

    Depois o Stand Alone é bom e o GIT 2 é razoável. Mas quem me tira a abertura do GIT tira-me um momento incrível.

    ResponderEliminar
  4. Que bando de chorões. Não gostam do mangá de Ghost in the Shell não comprem, mas fiquem sabendo que para muitas pessoas é um clássico intemporal.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...