Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

16/08/2018

André Lima Araújo: “Faço questão de ter tudo que produzo em português






As Leituras do Pedro: Quando começaste a trabalhar para os EUA?
André Lima Araújo: Comecei em 2012, directamente para a Marvel.

As Leituras do Pedro: Como surgiu essa oportunidade?
André Lima Araújo: A oportunidade surgiu através do actual Editor-Chefe da Marvel, C.B. Cebulski. Na altura ele viajava com frequência em busca de novos talentos e conheci-o numa das suas visitas ao Amadora BD.

As Leituras do Pedro: O que mudou na tua vida desde essa altura?
André Lima Araújo: Permitiu-me começar a trabalhar de forma exclusiva e regular em banda desenhada e ilustração, que era o meu grande objectivo.

As Leituras do Pedro: O que mudou na tua relação com as editoras desde então?
André Lima Araújo: Desde essa altura consegui expandir os meus contactos, tanto dentro da Marvel como noutras editoras, tendo inclusive publicado dois livros da minha autoria (Generation Gone, com Ales Kot, e Man Plus, com edição Portuguesa da Kingpin Books). Espero que continue a evoluir da mesma forma para que possa alargar ainda mais as possibilidades de trabalho.

 

As Leituras do Pedro: Em que estás a trabalhar agora?
André Lima Araújo: Estou a trabalhar no Anual do Surfista Prateado e a fazer arte conceptual para um filme.

As Leituras do Pedro: Qual o teu próximo projecto?
André Lima Araújo: Estou a propor novas ideias originais a várias editoras e em conversa com a Marvel acerca do próximo projecto, mas ainda não há decisão definitiva.

As Leituras do Pedro: Quais os teus principais trabalhos para os EUA?
André Lima Araújo: Os trabalhos originais Generation Gone (com Ales Kot) e Man Plus serão os que melhor me representam enquanto autor. Na Marvel, destaco Avengers A.I., Spidey, Black Panther e o ainda por lançar Silver Surfer Annual.

As Leituras do Pedro: Se fosses tu a escolher que personagem gostavas de desenhar?
André Lima Araújo: As minhas próprias em primeiro lugar. Na Marvel já tive o prazer de desenhar praticamente todas, sendo que o Homem-Aranha é dos mais divertidos. Matei o borrego que me faltava agora com o Surfista Prateado.

 

As Leituras do Pedro: Como é o teu dia normal de trabalho?
André Lima Araújo: É longo, mas recompensador. Geralmente começo a trabalhar pelos 8h e acabo por volta das 23h, pelo que são dias bastante cansativos, de 12h de trabalho. Tenho poucas interrupções além das refeições, mas geralmente saio para um pequena caminhada e uma sessão de ginásio para refrescar. Ao fim-de-semana trabalho também (ainda que um pouco menos), mas sempre que possível evito trabalhar no Domingo à tarde.

As Leituras do Pedro: Quantas páginas desenhas por mês?
André Lima Araújo: Desenho entre 20 a 24 (5 a 7 por semana), o que é um número importante. Corresponde ao número de páginas que têm as revistas mensais, pelo que posso desenhar ao ritmo que é publicado, evitando dores de cabeça ao editorial.

As Leituras do Pedro: Vives do teu trabalho nos comics ou tens outras actividades?
André Lima Araújo: Vivo do trabalho em banda desenhada e ilustração, sendo que a BD ocupa 90% do tempo.

As Leituras do Pedro: Este ano a Kingpon Books publicou em português Man Plus, uma obra de que és autor completo, lançada originalmente nos EUA. O que significou para ti?
André Lima Araújo: Significou muito porque era algo que desejava e planeava desde a concepção do livro. Foi graças ao trabalho incansável do Mário Freitas e da sua Kingpin Books que finalmente se realizou e espero que tenha sido o primeiro de muitos.

As Leituras do Pedro: Gostavas de ver outras obras tuas em português? Se fosses tu a escolher qual seria?
André Lima Araújo: Faço questão de ter tudo que produzo em Português, sempre que possível. Se fosse escolha mim, o próximo seria o Generation Gone. Depois gostava de ver algumas das minhas colecções da Marvel editadas por cá também.

[Esta entrevista, bem como as efectuadas, com o mesmo questionário de base, a Daniel Henriques, Jorge Coelho e Miguel Mendonça, esteve na base do artigo Assinatura nacional nas criações da Marvel e da DC Comics, publicado no Jornal de Notícias de 25 de Julho de 2018.]

(imagens cedidas pelo autor; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...