Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

03/11/2017

Batman 1

À espera do que a montanha vai parir





Um dos lançamentos mais esperados do ano - para leitores de franco-belga que também gostam de super-heróis... - o Batman de Marini está a partir de hoje disponível.
Feita a leitura, ressoa uma questão: a montanha pariu um rato? Ainda não, mas…
Comecemos pelo que já era conhecido. Se Marini é um excelente artista, em termos de argumento tem-se revelado (bem) menos capaz - menos equilibrado talvez seja uma boa forma de o expressar... Acima de tudo, revela dificuldades na gestão de tempos e conteúdos e este Batman sofre do mesmo mal: em 70 páginas, mais coisa menos coisa, acontece pouco. A abrir, um roubo (executado pelo Joker), uma perseguição veloz mas mal sucedida, uma festa de aniversário para a Harley (organizada pelo Joker). Depois, uma acusação de paternidade e um rapto (de novo com o Joker à cabeça). E a investigação do Batman.
Neste volume 1, portanto, o Joker assume tanto ou mais protagonismo que o Cavaleiro das Trevas, e revela à saciedade a sua faceta mais violenta, (bem) expressa nas vítimas colaterais do assalto… ou no seu bando. Um dos aspectos - há aqui e ali referências, alusões ou piadas de evidente mau gosto - que parece aconselhar este livro para um nível etário acima do dos habituais leitores de comics. [não que estes se vão preocupar muito com ele, diria eu...]
Para os que desejavam - pois, desejavam - a Catwoman, a Harley ou a Hera em trajes diminutos ou inexistentes - outra das imagens de marca de Marini - o livro será uma desilusão, pese embora a sensualidade evidente da ex-Dr.ª Quinn ou de Selina, nas várias aparições (im)púdicas que fazem, distantes da marca Marini mas uns passos à frente das normas da DC.
Para o final, ficou a componente gráfica, com Marini igual a si próprio - e até já vimos o rosto de Bruce Wayne aqui e ali nos anteriores livros do ilustrador… - com algumas pranchas de eleição e um desenho muito dinâmico, quase sempre servido por tons escuros e sombrios, tomadas de ponto de vista arrojadas e inovadoras e um ritmo de leitura assumidamente acelerado, que faz com que se devore rapidamente uma história que, para já, embora indefinida, está mais próxima do policial do que dos super-heróis.
Uma apreciação final fica para depois da leitura do volume 2…

Batman 1
Enrico Marini
Dargaud
França, 3 de Novembro de 2017
214x326, 72 p., cor, capa dura
EAN 9782505070832
14,99 € / 22,5 CHF

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as apreciar em toda a sua extensão)

4 comentários:

  1. Estará para breve em português ?
    Creio que teria boas vendas.

    Luís Campos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para já só Pt.Brasileiro,panini brasil já anunciou,cá ninguem sabe!!

      Eliminar
  2. A Asa já lançou alguns livros de Marini e também creio que teria boas vendas.
    Eu sem dúvida que compraria :)
    Pena nunca terem continuado com a série do Escorpião, com argumento de Desberg, e concluído a saga de Gipsy.

    ResponderEliminar
  3. Esperando a edição em ingles da DC.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...