Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

02/10/2017

Calendário BD de Outubro

Dia 3
Tio Patinhas #3
(Goody)


Tertúlia BD de Lisboa
400.º encontro
Convidada: Rita Alfaiate
R. Portas de santo Antão, nº 58
Lisboa


Figuras de Tintin
Zorrino aponta para os lamas
+ Livro + Passaporte
(Planeta DeAgostini/Altaya)

Dia 4
Valérian
#11 A Ordem das Pedras/O Abretempo
Christin e Meziéres
(ASA/Público)

Star Wars
Chewbacca
Duggan e Noto
(Planeta)


Star Wars

Lando
Soule, Maleev, Mounts
(Planeta)

O Resgate dos Monges Zombies
Stevens, Norgren e Norgren
(Planeta)







Dia 5
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
#32 Homem-Aranha Azul
Jeph Loeb e Tim Sale
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)




Dia 6
Novela Gráfica 2017
#15 O idiota
André Diniz
(Levoir/Público)

Os Vingadores #6
(Goody)










Dia 8
A vida de Che
Héctor oesterheld, Alberto Breccia, Enrique Breccia
(Levoir/Público)









Dia 10
Donald #3
(Goody)

Dia 11
Valérian
#12 Recordações de Futuros
Christin e Meziéres
(ASA/Público)








Dia 12
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
#33 Thor O último vicking
Walt Simonson
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)








Dia 13
Homem-Aranha #6
(Goody)










Dia 17
Mickey #3
(Goody)

Figuras de Tintin
+ Livro + Passaporte
(Planeta DeAgostini/Altaya)


Dia 18

Generation Gone #4
Ales Kot e André Lima Araújo
(Image)








Dia 19
Astérix e a Transitálica
Jean-Yves Ferre e Didier Conrad
(ASA)



Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
#34 Vingadores: Primordial
Brian M. Bendis e Alan Davis
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)






Dia 20
Os Vingadores #7
(Goody)


Dia 21

Iberanime Porto 2017
Multiusos de Gondomar
(até 22 de Outubro)








Dia 22

Iberanime Porto 2017
Multiusos de Gondomar
(último dia)








Dia 24
Tio Patinhas #4
(Goody)


Dia 26
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
#35 Vingadores Secretos: Missão a Marte
Ed Brubaker e Mike Deodato
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)





Dia 27
28.º Amadora BD
Tema: Reportagem
Autor em destaque: Nuno Saraiva
Fórum Luís de Camões
(Até 12 de Novembro)

Homem-Aranha #7
(Goody)

Dia 31
Donald #4
(Goody)





Outros lançamentos previstos
(clicar nas capas para as aproveitar em toda a sua extensão)

ComicHeart/G. Floy
 
(distribuição em livrarias)                                                    


Devir
  


Escorpião Azul



G. Floy
 

 

(as informações aqui compiladas foram definidas com base na informação enviada pelas editoras - quando o desejam fazer - ou disponibilizadas nos respectivos sites ou nos planos editoriais em vigor; As Leituras do Pedro não se responsabilizam por eventuais alterações; clicar nas imagens para as apreciar em toda a sua extensão)

28 comentários:

  1. Alguém me sabe dizer qual é o plano de edições do Iron Fist? Quantos tpbs serão e cobrirão até que número?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão neste momento previstos os três primeiros volumes, os da fase do brubaker, que correspondem aos TPB's americanos. Editar os outros dois desta fase depende da receptividade aos primeiros três.

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. O Generation Gone é editado por qual editora?

    ResponderEliminar
  4. O novo Corto Maltese, não é para sair também em Outubro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José Eduardo, deve sair sim.
      No entanto, o Calendário BD é construído com base na informação enviada pelas editoras ou disponibilizada por elas nos locais oficiais.
      Sobre esse livro - como sobre outros que também vão sair em Outubro - não recebi confirmação oficial.
      Há editoras que divulgam antecipadamente o seu plano editorial - o que para mim faz todo os sentido dada a facilidade com que hoje se encomendam livros de outros países -, editoras que divulgam por vezes o seu plano editorial e outras que acham que o segredo é a alma do negócio.
      Respeito a opção de cada uma, embora não concorde com todas.
      Alguns dias antes da publicação do Calendário, segue para editoras, autores, câmaras, lojas, etc., um mail a perguntar sobre as edições, lançamentos, sessões de autógrafos, exposições, etc. que vão ter lugar no mês seguinte.
      Quando há resposta, a informação entra no Calendário - mesmo que uma edição americana como é o caso do Generation Gone. Quando não há, não havendo informação oficial disponível, passo à frente.
      E nalguns casos, até há editoras que informam que vão lançar este ou aquele título mas pedem confidencialidade, por razões diversas, o que respeito.
      Acima de tudo, que haja boa BD para ler, como tem acontecido.
      Boas leituras!

      Eliminar
  5. Publicar "Generation Gone", creio que seria um bom investimento para a editora e leitor.
    Luís Campos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Generation Gone é edição americana da Image.
      Houve um lapso inicial no Calendário já corrigido.
      Boas leituras!

      Eliminar
  6. Vêm aí tantos Asterix quantos os resto da edição BD em Portugal. Por um lado, óptimo, por outro é a tal coisa de "mais do mesmo".
    Para o meu lado (tirando as coleção que nem vou vencionar), só vejo uma aquisição garantida: Tony Chu, sendo o Punho de Ferro uma incógnita...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Punho de Ferro foi uma -boa - surpresa para mim!!! aconselho.

      Eliminar
  7. pco69 o punho de ferro pessoalmente nunca tinha lido nada do personagem (só nos livros dos vingadores e grandes sagas) e quando li gostei muito é uma fase muito boa e explica a historia dos punhos de ferro o que para quem nunca leu como eu é uma boa forma de conhecer o universo desse personagem.
    Quanto a este mês pensei que a levoir ia lançar alguma coisa da liga da justiça ou da vertigo infelizmente deve ser no próximo mês :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podia repetir aqui a resposta que dei ao José Eduardo Ferraz mais acima, mas...
      Boas leituras!

      Eliminar
    2. Vai lançar sim, mas tudo a seu tempo.

      Eliminar
  8. Uau excelente novidade o da "Vida de Che", tinha de haver algum motivo para lançar esta edição fora de uma colecção, e já vi que é pelos 50 anos da morte de Che Guevara. Saudades da lendária dupla Oesterheld/ Alberto Breccia (Aqui juntos com Enrique Breccia também). Muito bom :)

    ResponderEliminar
  9. Muito bom mesmo A Vida de Che...devagarinho assim como quem não quer a coisa podiam ir lançando a obra riquíssima de Oesterheld. Aplaudiria concerteza. Quanto ao resto há muita coisa para descobrir e aprender a gostar. O problema é mesmo as finanças e o espaço para arrumar tanta coisa. Vêm aí tantos Astérix? o que significa?

    Letrée

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos deixar que nos surpreendam aos poucos...
      Suponho que significa que vem aí um livro de grande tiragem.
      Boas leituras!

      Eliminar
    2. É isso mesmo Pedro. Vem aí um livro com uma tiragem que deverá ser igual à tiragem de todos os outros livros de BD em conjunto.

      Eliminar
    3. Se pensar nas várias colecções que saem com jornais, ou nas bancas, verá que isso não é verdade. Qual a tiragem dos livros da Levoir com o Público? Pense que eles já lançaram 30 livros em colecções este ano (DC Vilões, Mulher-Maravilha, Novelas Gráficas), se forem 2000 de tiragem de cada seriam 60.000 livros, se forem 3.000 de tiragem seriam 90.000, etc... e some-lhes as várias colecções da ASA e a colecção Marvel da Salvat e só aí já tem muito mais que 100.000 de tiragem. Tenho as minhas dúvidas que o Astérix hoje em dia passe muito dos 60.000 ou 70.000 de tiragem inicial.

      Eliminar
    4. ???Então o pco69 tem razão... Astérix VS todos os outros...

      ASantos

      Eliminar
    5. S´parcialmente correcto. Pelas minhas contas a tiragem do Astérix deve ser igual a 30-40% dos outros livros todos juntos. Representará cerca de um terço do mercado de BD nacional.

      mas isso parte do princípio de que o Astérix é BD, na verdade eu diria que 90% das vendas são por inércia e uma espécie de tradição-hábito. As pessoas já têm todos os Astérixs e de dois em dois anos quando sai um novo, compram-no só porque sim, talvez na esperança que os filhos o leiam. Ao longo dos últimos 15 anos o Astérix deve ter vindo a perder metade das vendas que tinha.

      O verdadeiro tamanho máximo do mercado é dado por título como Michel Vaillant ou Blae & Mortimer, com tiragens entre os 4000 e os 7000.

      Eliminar
    6. Eu não comprei qualquer um dos da ASA após terem adaptado os nomes das personagens.
      Foi uma opção editorial, até para cortarem de vez com a Meriberica, mas para mim, e reforço o "para mim", foi incorrecto.
      E tal como o JoseFeitas, creio que são compars por inércia enão de "amantes" de BD.
      É claro que para a ASA isso será relativamente pouco importante, pois vai vender bastante, mas como todo o mercado, se este não for mantido/alimentado, acabará por morrer.

      Eliminar
    7. Plenamente de acordo pco69: a partir do momento que a ASA mudou os nomes da grande maioria dos personagens, passei a comprar em francês. Recuso-me a ler "Cacofonix" e outras alarvidades.
      Contudo, é justo dizer que a dupla Conrad/Ferri tem produzido melhores histórias que as últimas de Uderzo "a solo".
      Por isso, talvez deva entrar para a equação algum interesse crescente, transversal, em termos de público-alvo.

      Eliminar
  10. Que livro é esse?se estão com essas indiretas acho que deviam de elucidar os membros deste excelente blogue

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Migfe,
      Como se compreende vendo os comentários desde o início, este livro de tiragem muito superior ao normal é o novo Astérix.
      Boas leituras!

      Eliminar
    2. E eu com esperanças que estivesse confirmadissimo o 1oo bulets lol

      Eliminar
  11. Olá, Pedro.
    Será que me podes responder à minha questão? Aparenta estar a haver uma "redistribuição" das Graphic Novels da Salvat. As BDs serão então vendidas novamente desde o número do Homem-Aranha: Azul até ao terminus da colecção? Tem sido impossível adquirir números atrasados para a minha colecção.

    E carríssimo José de Freitas, será que algum dia veremos toda a manga de Dragon Ball a ser publicada por completo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Angelo: a redistribuição da colecção da Salvat está a ocorrer desde o volume 1, desde Março, sensivelmente, e irá até ao fim da colecção semanalmente (deve acabar lá para Abril ou inícios de Maio, creio). A distribuição original, quinzenal, está neste momento suspensa por causa da falência da Distrinews. Pode ser que acabe suspensa, porque deixa de ser compatível com a semanal (ie. ambas teriam de coexistir com os mesmos volumes o que é complicado).

      Quanto a Dragon Ball, creio que a Planeta d'Agostini publicou completo, no início dos anos 2000, não?

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...