Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

05/12/2012

Revistas Disney regressam a Portugal













Chega hoje aos quiosques nacionais (ou, segundo parece, já anda mesmo por aí!) a revista “Comix” #1, que assinala o regresso da banda desenhada Disney ao nosso país. Pato Donald, Mickey, Pateta, Tio Patinhas e muitos mais assinalam assim da melhor maneira o 111.º aniversário do nascimento de Walt Disney (1901-1966).
A “Comix”, de periodicidade semanal, terá 132 páginas a cores e um preço de capa de 1,90 €, embora este número inaugural, com uma tiragem de 75 mil exemplares, tenha o preço de lançamento de apenas 1 euro. A capa é da autoria do italiano Andrea Freccero, que a chegou a divulgar no seu blog pessoal há poucas semanas, embora depois a tenha retirado.
O objectivo da editora Goody, responsável pela “Comix”, é editar uma publicação “intergeracional… dos 8 aos 88 anos” que suscite “o interesse dos jovens bem como dos pais que assim relembrarão as suas antigas leituras”, pelo que “o lançamento será acompanhado por uma campanha de televisão nos canais generalistas, no Disney Channel e na Sport TV, um forte apoio em termos de destaque em ponto de venda quer na distribuição tradicional quer na distribuição moderna e ainda internet”.
A Goody anuncia também uma outra revista de BD, a Hiper, mensal, com 320 páginas, por 3,90 €, que traz na capa a data de Janeiro de 2013, embora na Comix #1 seja anunciado o seu lançamento durante este mês de Dezembro.
Embora a maioria dos antigos leitores associem os quadradinhos Disney às edições brasileiras distribuídas pela Editora Abril em Portugal desde o início dos anos 1950, a verdade é que os heróis Disney se estrearam em Portugal logo em 1935, na revista Mickey, que haveria de durar 58 números.
Revistas como O Faísca ou o jornal O Primeiro de Janeiro (este durante décadas) publicaram também esses heróis e outras criações Disney que, depois de “Rato Mickey”, uma tentativa pouco duradoura da Agência Portuguesa de Revistas em 1955, só voltariam a falar português já nos anos 1980, através de edições da Editora Abril/Morumbi. Primeiro acompanhando as edições brasileiras, depois de forma autónoma, os títulos da editora – “Mickey”, “Pato Donald”, “Tio Patinhas”, “Pateta”, “Disney Especial”, “Hiper Disney”, etc. - sucederam-se até 2006, quando foi publicada a última revista, o Tio patinhas #250.
Entre publicações especiais e números comemorativos, algumas no formato álbum, termino com uma referência para a edição especial Euro 2004, na qual Patinhas, Donald e os seus sobrinhos vêm ao nosso país para descobrir quem roubou a taça destinada à equipa vencedora do Campeonato Europeu de Futebol que cá se realizava, numa história escrita pelo português Paulo Ferreira.

(Versão revista do texto publicado no Jornal de Notícias de 5 de Dezembro de 2012)



12 comentários:

  1. Manuel Caldas5/12/12 14:36

    Fico sempre muito contente por ver a banda desenhada voltar aos quiosques. E uma revista por 1.90 Euros é mesmo como nos bons velhos tempos das revistas de banda desenhada para todas as bolsas.
    Além disso, em tempo de crise este acontecimento é muito animador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Caldas,
      Sem dúvida! E se resultar, esta até pode ser a notícia mais importante para a BD em Portugal de há muito tempo a esta parte.
      Espera-se que tenha uma boa distribuição e consiga visibilidade para as edições Disney e também para as outras que andam por aí, da Turma da Mônica, Marvel e DC Comics... a que se juntará em breve mais um título!
      Boas leituras!

      Eliminar
  2. Finamente é oficial,custou mas foi.Os sites zucas já tinham a noticia a n tempo.
    Quanto as revistas desde agora é Disney Hiper e não é anual (12 numeros ano) como no inicio como no original da decada de 80,que tinha ano 1 numero 1,quanto a Comix semanal será 1 bom teste ao mercado se bem que duvido que dure a semanalização,quando não aguentaram nem quinzenizaçoes (Transformers,JLA e Batman,etc) nem mensalizaçoes antes,agora é esperar para ver vamos a ver se tem sorte e se é bem distribuida,nas bancas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Optimus,
      Sim, a notícia não era nova, faltava apenas a confirmação da data...
      Quanto à periodicidade, como sempre depende apenas dos leitores, da distribuição e da visibilidade...
      Boas leituras!

      Eliminar
  3. Bom dia, é sempre bom mais uma revista, mas ficou um pouco aquem das minhas expectativas. Talvez seja da idade. Não esquecer as publicações da Mythos, principalmente o Tex Willer.
    Pedro Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Pedro Gomes,
      Sem dúvida que mais uma - ou no caso duas! - revistas é bom (e venham mais!); espera-se que consigam a visibilidade necessária para venderem e puxarem por este segmento de mercado...
      Onde, como bem lembrou e é evidente - e por lapso não referi mais acima - também estão os títulos de Tex da Mythos, que desde sempre têm sido objecto de divulgação aqui, em As Leituras do Pedro!
      Boas leituras... de muitas revistas!

      Eliminar
  4. Pedro Cleto
    Concordo inteiramente com esta frase: "E se resultar, esta até pode ser a notícia mais importante para a BD em Portugal de há muito tempo a esta parte."
    Nós, os aficcionados por Bd, esquecemo-nos com frequência o quão importante este tipo de revistas, que são baratas, regulares, e que são lidas por miudos e graudos, são tão mais importantes para o estimulo do nosso mercado de Bd em Portugal, do que aquelas que nós regularmente consumimos (e que eu também adoro), mas que só perpetuam o gosto por BD no publico já existente. Todo o tipo de publicações deve existir, mas o aparecimento destas duas revistas vem preencher uma lacuna enorme que tinhamos nas nossas publicações (sem querer desfazer das revistas do Mauricio).

    ResponderEliminar
  5. Olá Luís,
    "baratas, regulares e lidas por miúdos e graúdos" diz tudo!
    Boas leituras... "baratas, regulares e para miúdos e graúdos"!

    ResponderEliminar
  6. Rita Marques8/2/13 11:08

    Bom dia, eu estou a fazer as colecções das duas revista, Comnix e Hiper Comix.... mas alguem em sabe dizer quantos num são em cada um dos casos?? obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita,
      Obrigado pela visita.
      Não está definido nenhum número específico de revistas a publicar, quer no caso da Comix, quer no caso da Hiper.
      Com certeza que enquanto houver leitores interessados em número suficiente, ambas continuarão a ser editadas pela Goody; a Comix todas as semanas e a Hiper todos os meses.

      Boas leituras!

      Eliminar
    2. Rita Marques11/2/13 10:40

      Muitissimo obrigada pela atenção dispensada e pelo esclarecimento.

      Boas leituras!

      Eliminar
    3. De nada, Rita!
      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...