Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

12/05/2012

Tony DeZuñiga (1941-2012)















O autor de banda desenhada Tony DeZuñiga faleceu ontem de madrugada, depois de ter estado internado em estado grave devido a um derrame sofrido no mês passado.

Natural das Filipinas, onde nasceu em 1941, foi o criador gráfico de Jonah Hex, em 1972, com argumento de John Albano, e de Orquídea Negra, em 1973, com Sheldon Mayer, duas personagens da DC Comics. Para esta editora ilustrou igualmente histórias de Batman, Aquaman e Swamp Thing, entre outros.

Primeiro desenhador filipino a trabalhar para a indústria de quadradinhos dos Estados Unidos e responsável pela contratação de diversos compatriotas, DeZuñiga também emprestou o seu talento à Marvel, para quem desenhou histórias do Homem-Aranha, X-Men, Thor, Homem de Ferro, Conan ou Star Wars.

Tendo começado profissionalmente como letrista, aos 16 anos, fez de seguida um curso de design gráfico em Nova Iorque, após o qual passou a dedicar-se aos quadradinhos e à publicidade, no seu país natal.

No final dos anos 60 regressou aos Estados Unidos, tendo feito a sua estreia nos quadradinhos deste país como arte-finalista de Ric Estrada, na revista “Girl’s Love Stories”, da DC Comics, estrando-se como desenhador principal em 1970, na revista de terror “House of Mistery” #188.

Depois de uma década ligado à empresa SEGA, na área dos videojogos, o desenhador filipino regressou aos quadradinhos tendo assinado a sua última banda desenhada em 2010, a graphic novel “Jonah Hex – No Way Back”, lançada em simultâneo com o filme com o mesmo protagonista.


4 comentários:

  1. Lamentavelmente, neste mesmo dia faleceu Eddy Paape, autor de Luc Orient!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Labas,
      Obrigado pela visita e pela partilha.
      Infelizmente o acaso prega por vezes partidas destas...
      A justa evocação de Eddy Paape está feita no post de 14 de Maio: http://asleiturasdopedro.blogspot.pt/2012/05/eddy-paape-1920-2012.html
      Boas leituras... saudosas.

      Eliminar
  2. Pedrinho, que noticia vc me apresenta, rapaz...
    Ha alguns anos eu havia feito essa homenagem a ele, e a outros filipinos que marcaram minha infancia nos Quadrinhos:
    http://gerry.alanguilan.com/archives/1841
    Uma pena mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Bira,
      Infelizmente, as notícias não se escolhem.
      Esta é uma daquelas que eu bem dispensava... mas que se justifica pelo que DeZuñiga fez por nós, seus leitores...
      Boas (re)leituras de obras... de Tony DeZuñiga!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...