Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

31/01/2012

Marsupilami: 60 anos e uma longa cauda


Há 60 anos, os leitores do nº 720 da revista belga Spirou, descobriam pela primeira vez um dos mais exóticos, inteligentes e simpáticos animais que a banda desenhada já conheceu: o Marsupilami.

 A sua estreia deu-se na prancha 49 de “Spirou e os Herdeiros”, primeiro como silhueta furtiva na segunda tira, depois exibindo já algumas das suas características únicas.

Em jeito de parêntesis, diga-se que o Marsupilami é um mamífero ovíparo, natural da selva de Palômbia, uma conturbada república da América latina. O seu pêlo é geralmente amarelo com manchas pretas – tal como o do jaguar que o teme – mas conhecem-se casos de animais desta espécie completamente negros.

Dotado de grande inteligência, curiosidade e sentido de humor, revela também uma enorme força. A sua agilidade evoca a dos chimpanzés, a cuja estatura se assemelha, mas tem como característica distintiva uma longa cauda, que pode ultrapassar os 20 metros, e que utiliza para se deslocar, pescar, defender e atacar.

Alimenta-se de pulgas, nozes e piranhas, utiliza ferramentas e constrói enormes ninhos suspensos, onde se reveza com a companheira na guarda e alimentação das crias.

Pode nadar, correr ou deslocar-se nas árvores, consegue imitar a fala humana mas o seu som característico é um sonoro “houba”.

Fora da banda desenhada, poucos são aqueles que se orgulham de ter visto um, mas, em 1988, o IV Salão Internacional de Banda Desenhada do Porto orgulhou-se de exibir um espécimen com cerca de 4 metros de altura e uma longa cauda… todo em peluche!

Fechado o tal parentesis, convém dizer que a sua criação se deve ao genial André Franquin (1924-1997, igualmente “pai” do trapalhão Gaston Lagaffe), e a sua descoberta a Spirou e Fantásio. Encontrá-lo era a última de três provas que este último tinha de superar para, numa disputa com o seu primo Zantáfio, receber uma herança que se haveria de revelar… inexistente!

Depois de o descobrirem e capturarem na selva palombiana, Spirou e Fantásio entregaram-no a um jardim zoológico de onde, na aventura seguinte, acabariam por o libertar para o devolver ao seu habitat natural. Só que então, o exótico animal decidiu segui-los de volta à civilização, grato pela sua amizade… ou porque Franquin decidiu mantê-lo nas suas histórias devido ao sucesso que o Marsupilami granjeou junto dos leitores.

Por isso, marcou presença na capa de álbuns como “Spirou e os herdeiros”, “Os ladrões do Marsupilami” ou “O ninho dos Marsupilami”, e protagonizou, a solo, relatos curtos, a partir de 1955.

O simpático animal, temível quando zangado, acompanharia o groom e o seu amigo repórter até 1968, quando Franquin abandonou a série, levando-o consigo e reservando os seus direitos, tendo nos anos seguintes tido apenas aparições esporádicas em histórias de poucas páginas, que viriam a ser compiladas em “Capturem um Marsupilami”, uma edição que assinalou os seus 50 anos.

Em 1987 (re)apareceu numa editora apropriadamente chamada Marsu Productions, como protagonista de uma nova série com o seu nome, sob a égide de Franquin que fez apenas alguns esboços, sendo o desenho confiado ao estreante Batem, tendo-se sucedido nos argumentos Greg, Yann ou Fauche.

Poucos anos depois, a Walt Disney France estreou-o em curtas-metragens animadas, de qualidade bem inferior à série mais popular, que a Marathon e o Canal J desenvolveram a partir do ano 2000.

Em Portugal, se Spirou e Fantásio – que chegaram a ser Serafim (ou Clarim) e Flausino – já eram conhecidos desde 1959, quando se estrearam na revista Camarada, a banda desenhada que apresentou o Marsupilami ao mundo apenas foi publicada em 1975, directamente em álbum, pela Arcádia, embora o animalzinho já tivesse aparecido por cá anteriormente.

Os álbuns com as suas aventuras a solo seriam lançados a partir de 2004, pela Meribérica, tendo a ASA, actualmente, uma vintena deles no seu catálogo.










(Versão revista do texto publicado no Jornal de Notícias de 31 de Janeiro de 2012)

11 comentários:

  1. Claude Garitte Belgique31/1/12 20:08

    60 ans et encore une longue queue !
    Quel veinard !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bonjour Claude,
      Merci par votre visite!
      C'est bien vrais, quel veinard!!
      Bonnes lectures pour vous!

      Eliminar
  2. Anónimo1/2/12 10:36

    Eu sou das sortudas que vi o Marsupilami de 4 metros ao vivo!Realmente o fundo escuro dificulta um pouco a leitura, mas ajuda a evidenciar o colorido das pranchas de BD...
    Continua!
    Gaby

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Gaby!
      Afinal parece que o Marsupilami esteve mesmo no Porto... Não fui só eu que o imaginei!
      Em relação ao fundo, não posso fazer muito, porque, nesta altura, torná-lo mais claro implica deixar de ler os textos dos primeiros anos do blog...
      Boas leituras!

      Eliminar
  3. Anónimo2/2/12 14:31

    quem me dera ter visto o Marsupilami no Porto

    ResponderEliminar
  4. Anónimo2/2/12 14:33

    quem acabou de falar foi o João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá João!
      Nessa altura ainda não eras nascido...
      Boas leituras!

      Eliminar
  5. Pedro, lei ha pouco que esta prevista a saida dum filme "Sur la piste du Marsupilami" , realizado por Alain Chabat, em abril de 2012

    http://www.youtube.com/watch?v=mqUDW0n1Org

    ResponderEliminar
  6. Olá Romain,
    Obrigado pela achega.
    Infelizmente, o trailer não promete muito...
    Boas leituras... e filmes!

    ResponderEliminar
  7. NUNCA TIVE A OPORTUNIDADE DE LER O MARSUPILAMI, MAS CONHEÇO O ANIMALZINHO DOS DESENHOS DA DISNEY... JÁ O DESENHO DO SPIOU & FANTASIO PASSA ATUALMENTE AQUI NO BRASIL... BONS PERSONAGENS BUSCAREI, AS OBRAS A RESPEITO DELES. OBRIGADO PEDRO, DE ALEXANDER, DE AMAMBAI, MATO GROSSO DO SUL, BRASIL...

    ResponderEliminar
  8. Caro Alexander,
    Obrigado pela visita!
    Se aceita um conselho, procure os albuns do Spirou da autoria do Franquin, que são de longe os melhores!
    Boas leituras... de Spirou, Famtásio e do Marsupilami!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...