Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

02/07/2019

Lançamento: Novela Gráfica 2019


Começa depois de amanhã, dia 4 de Julho, a colecção Novela Gráfica 2019, a quinta série daquela que é já uma iniciativa editorial anual imprescindível na edição de BD em Portugal.
O lançamento oficial - ver convite, com pormenores e contacto, mais abaixo - está agendado para amanhã, sendo necessário confirmar a presença.
Lançada como habitualmente pela Levoir, em parceria com o jornal Público, conta desta vez com 13 títulos, já sem a aura de mistério de outros anos, uma vez que a editora - e muito bem - os foi divulgando no Facebook ao longo das últimas semanas. A listagem completa, com autores e datas, vem já a seguir a algumas considerações.
De periodicidade semanal e dia de saída à quinta-feira, cada volume, de capa dura, custará 10,90 €. O formato varia de obra para obra, a maioria delas serão a preto e branco e a informação disponível aponta para um número médio de páginas de 156, podendo variar sensivelmente entre as 90 e as 250.

Os livros são todos inéditos em português, com uma única excepção, o muito recomendável A Febre de Urbicanda, de Peeters e Schuiten, cuja edição de 1985, das Edições 70, está há muito esgotada. Mesmo assim, esta é uma versão com 18 páginas novas.
Como em edições recentes há predominância de autores de língua espanhola - são 6 em 13, mas daí não vem qualquer mal ao mundo, muitas das obras mais interessantes dos últimos anos tem tido origem em Espanha - com destaque para o volume inaugural, O Tesouro do Cisne Negro, de Paco Roca e Guillermo del Corral Van Damme, que foi o grande sucesso editorial dos tebeos no país de nuestros hermanos, com sucessivas edições e dezenas de milhares de exemplares vendidos, e que irá com certeza surpreender muitos leitores.
Em termos visuais assim como em termos de data original de publicação a colecção Novela Gráfica 2019 apresenta a diversidade como lema, que se estende também à origem das obras e à sua temática, que vai da aventura à biografia e à auto-biografia, da reportagem ao erotismo ou à mais livre ficção, recorrendo a diversos processos narrativos, da banda desenhada tout court ao uso (quase) exclusivo do registo em off, e passando até por um relato sem texto...
Autores como Paco Roca, Marjane Satrapi, Benoit Peeters e François Schuiten, Joe Sacco, Grant Morrison ou Daniel Clowes são garantia de qualidade e outras das obras - menos mediáticas - irão certamente revelar-se excelentes surpresas, como tem acontecido ano após ano, aos leitores que lhes dêem a possibilidade de se deixar surpreender…
Porque, mais uma vez, a colecção Novela Gráfica - agora na sua versão 2019 - é, por um lado, uma oportunidade de ter em português obras que - a diversos níveis - foram/são marcantes na sua época e/ou na História da BD, e, por outro, um convite para partir à descoberta - em muitos dos casos a um preço ridiculamente baixo - de propostas que, podendo estar fora da zona de conforto de cada um, se revelarão surpreendentes, estimulantes e capazes de abrir novos horizontes…
Porque o texto já vai longo, deixo sem mais acrescentos, a lista completa das obras e autores e respectivas datas de publicação.

1. O Tesouro do Cisne Negro
Paco Roca e Guillermo del Corral Van Damme
4 de Julho

2. Frango com ameixas
Marjane Satrapi
11 de Julho

3. A Febre de Urbicanda
Benoit Peeters e François Schuiten
18 de Julho

4. O rasto de García Lorca
El Torres e Carlos Hernández
25 de Julho

5. Monika
Guillem March e Thilde Barboni
1 de Agosto

6. Gorazde: Zona de Segurança
Joe Sacco
8 de Agosto

7. Flex Mentallo: Herói do Mistério
Grant Morrison e Frank Quitely
15 de Agosto

8. Dias sombrios
Juan Escandell e Lluís Ferrer Ferrer
22 de Agosto

9. Como uma luva de veludo forjada em Ferro
Daniel Clowes
29 de Agosto

10.As Serpentes Cegas
Bartolomé Seguí e Felipe Hernández Cava
5 de Setembro

11. O Número: 73304-23-4153-6-96-8
Thomas Ott
12 de Setembro

12. Neve nos bolsos
Kim
19 de Setembro

13. Café Budapeste
Alfonso Zapico
26 de Setembro

(imagens disponibilizadas directamente pela editora ou divulgadas por ela na sua página do Facebook - nestes casos poderão ser meramente ilustrativas; clicar nelas para as apreciar em toda a sua extensão)

14 comentários:

  1. Nas outras series nunca cheguei a comprar todos, comprava em média ´´meia-dúzia´´ de cada serie - os que me interessavam. Mas agora tenho a impressão que vão ´´marchar´´ todos,...não vejo a hora de os ter todos.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. quais consideram os mais importantes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos que li, aconselho A Febre de Urbicanda, Frango com Ameixas e o Gorazde.
      Tenho bastante curiosidade no Tesouro do Cisne Negro, Como uma luva de veludo forjada em Ferro e As Serpentes Cegas, pelos autores.
      Mas acho que pelo preço e pelas escolhas criteriosas que a colecção tem tido, todos serão de arriscar...
      Boas leituras!

      Eliminar
  4. Os mais importantes não sei mas vou comprar:

    - Febre de Urbicanda, que já é um clássico e cuja edição das Edições 70 perdi quando saiu no prelo há 30 anos e faz parte do tema das "Cidades Obscuras", anda á venda pelos OLX a preços de chulo;

    - Gorazde, de Joe Sacco, porque gostei do Palestina e gramo e estilo Crumbesco do homem

    - Luva de ferro, do Daniel Clowes, gostei do Ghost World, do Pussey e do Wilson e porque de vez em quando é bom ler comics underground america.

    - Flex Mentallo, porque é do género do Doom Patrol e porque gosto da arte do Quitely e depois é o Grant Morrison

    Ainda equaciono o Frango com Ameixas mas a Marjane Satrapi cada vez me parece mais um one trick poney, o Persepolis é bom mas a restante obra parece requentada ou não é tão interessante.

    As restantes espanholadas não me interessam, já tinha lido algumas ou conheço outras obras dos autores e sempre me pareceram pretensiosas, como o "Eu, Assassino", de Altarriba e Keko, os Pacos Rocas e outros intelectualóides, o "Histórias do Bairro", de Beltran e Seguí é das poucas coisas que se safam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto BD, acho o Frango bem melhor e conseguida que o Persepolis, sem retirar a este a importância que tem...
      Boas leituras!

      Eliminar
  5. Andava com esperança que As Cidades Obscuras fosse reeditado e completo por alguma editora mas parece que posso esperar sentado...Uma nova ''novelas graficas'' é sempre boa noticia mas tirando o frango com ameixas e o urbicanda não há aqui muito que desperte o meu interesse.

    ResponderEliminar
  6. Na minha opinião, há aqui 2 títulos em destaque: "Como uma luva de veludo forjada em Ferro", a estreia, finalmente, deste autor seminal norte-americano em Portugal e a republicação (a cores?) da "A Febre de Urbicanda" (veremos se o material extra justifica a compra). De saudar , igualmente, o regresso de Joe Sacco (editado no longínquo 2004, pela Mundo Fantasma), autor que merecia a edição integral da sua obra em Portugal. Recomendo igualmente "Café Budapeste" de Alfonso Zapico, belíssima obra (comprei em 2006 na loja da Astiberri em Bilbao...) a preto e branco. Estou curioso em relação a este título da Marjane Satrapi e ao livro de Paco Roca. Os outros autores, com a excepção de Kim, confesso que desconheço e, uma vez que a Levoir faz questão de trazer autores espanhois, gostaria que dessem atenção a nomes como David Rúbin, Max, Juan Berrio, Jose Domingo , Albert Monteys, Alberto Vázquez

    ResponderEliminar
  7. Finalmente o Clowes como? estreia?

    O Ghost World/Mundo Fantasma saiu pela Devir, acho que na peugada do filme, em 2000 e picos, comprei a edição na altura e ainda existem muitos exemplares à venda por aí.

    ResponderEliminar
  8. Temm razão, não me lembrei desse. Julgo que edição era do Mundo Fantasma. De qualquer forma uma ausência demasiado longa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, o título era Mundo Fantasma, a edição era da D-E-V-I-R.

      https://www.wook.pt/livro/mundo-fantasma-daniel-clowes/165590

      Eliminar
    2. Têm os dois razão. Foi uma co-edição da Mundo Fantasma e da Devir...
      Boas leituras!

      Eliminar
  9. Para mim talvez 5 mas duas estou em duvida Strapi e Clowes detestei os ultimos livros deles.

    ResponderEliminar
  10. Pessoal, não estamos no século 20, temos a interner e quase todas as obras estão bem documentadas, usem então a internet para extrair mais infos, andar a comprar para depois acabar no OLX e perder dinheiro ...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...