Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

23/05/2018

XIV Festival Internacional de BD de Beja


É já na próxima sexta-feira, 25 de Maio, que abre as suas portas o mais interessante, estimulante e surpreendente festival de BD que se realiza em Portugal.

Simples, sabendo ser complexo; marginal, sem esquecer a BD grande público; internacional, mas dando uma importância enorme aos autores portugueses; privilegiando os originais, sem descurar as cenografias; apresentando autores consagrados, mas sempre aberto à divulgação e à descoberta; em Beja, mas aberto ao país e ao mundo; mostrando os originais, mas multiplicando os lançamentos, porque antes de tudo a BD é para ser lida.
Com muitas conversas, encontros e sessões de autógrafos, dentro e fora de horas, porque Beja, o seu festival de quadradinhos - no seu primeiro fim-de-semana, aquele em que estão todos os convidados, todos os editores, todos os autores, todos os fãs, todos os apreciadores... - é antes de mais um imenso espaço de convívio e troca de experiências - e de emoções.
Ir ao Festival de BD de Beja - já neste fim-de-semana... - é uma experiência única, mas felizmente repetível - no conceito, embora com formas diferentes - porque, anualmente, Paulo Monteiro e a sua equipa continuam a oferecer-nos o mais interessante, estimulante e surpreendente festival de BD que se realiza em Portugal...

Apresentação oficial
Este ano o Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja realiza-se entre os dias 25 de Maio e 10 de Junho.
Inaugura no dia 25, sexta-feira, às 21h00, na Casa da Cultura.
Mas o Festival também se espalha pelas ruas do centro histórico. Boa parte das exposições estarão patentes no Centro Unesco, no Forno da Ti Bia Gadelha, na Galeria da Rua dos Infantes, no Museu Regional de Beja, no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, no Palacete Vilhena – Sede do EMAS, e no Pax Julia – Teatro Municipal.
São 8, os núcleos expositivos.
E 21, as exposições, com autores de muitas partes do Mundo: Brasil, Espanha (País Basco), França, Itália, Portugal e Suécia.
O Festival oferece ainda aos visitantes uma Programação Paralela bastante diversificada: apresentação de projetos, conversas à volta da BD, lançamento de livros - este ano serão 16 -, sessões de autógrafos, concertos desenhados, etc.
Terá também à disposição de todos o Mercado do Livro, com mais de 60 editores presentes, venda de arte original, venda de merchandising, etc.
Na sexta-feira 25 e no sábado 26 as noites são de concertos desenhados (a programação só termina às 4h00 da manhã).
O primeiro fim-de-semana (25, 26 e 27 de Maio) reunirá os autores representados nas exposições.

Exposições, programa, informações úteis

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...