Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

14/05/2018

Cadernos Moura BD #10 - Artur Correia


Olhar para trás

Com o mercado português de BD dinâmico e diversificado como nunca antes se tinha visto (copio, tal e qual, as palavras de há alguns dias), é normal que (alguns leitores) desejem edições teóricas ou a recuperação de clássicos e obras marcantes da produção nacional de outras décadas.
Serão poucos, com certeza, insuficientes para um investimento desse tipo por parte de alguém, por isso esse tipo de trabalho - melhor ou pior - tem cabido a pequenas edições independentes como estes Cadernos Moura BD.
No caso presente - paradoxalmente contrariando, de certa forma, o que atrás escrevi - editando dois inéditos de Artur Correia, um dos grandes nomes da BD portuguesa, possivelmente o seu maior nome no que à BD humorística diz respeito.
Homenagem póstuma, programada antes do seu falecimento recente, o décimo número desta publicação coordenada por Carlos Rico e Luiz Beira e editada pela Câmara de Moura, peca por não incluir, a par da biobiliografia do autor, um texto que contextualizasse a sua vasta produção e a sua importância nas épocas em que foram publicadas.
Quanto aos dois inéditos - Donzela que vai à guerra e A Nau Catrineta - adaptações de lengalengas conhecidas, exemplificam bem aquilo que distinguiu o autor: o traço solto, dinâmico e divertido, a planificação variada e a legibilidade do conjunto, pontuado como pequenos piscares de olho humorísticos ao leitor, espalhados pelas pranchas.
Sabe a pouco, com certeza, aqueles (poucos) leitores citados acima gostariam de bem mais mas, só havendo isto, há que aproveitar. Até porque, pela limitada tiragem (250 exemplares), mesmo sem qualquer tipo de distribuição comercial, a edição - com papel de assinalável gramagem e bem impressa - deverá esgotar rapidamente.

Cadernos Moura BD #10 - Artur Correia
Artur Correia
Câmara Municipal de Moura
210 x 297 mm, cor, 36 p., capa mole

(imagens disponibilizadas por Carlos Rico; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

1 comentário:

  1. Bela iniciativa e bela edição. Estou der acordo consigo, peca somente por não ter um texto de contextualização do autor e dos trabalhos publicados e uma breve resenha bibliográfica que deve ser, imagino eu, extensíssima. De qualquer forma muitos parabéns aos promotores da iniciativa.
    E parabéns também às "Leituras do Pedro" por divulgarem esta e tantas outras iniciativas.

    Letrée

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...