Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

13/01/2018

Novidades G. Floy para 2018





(nota informativa disponibilizada pela editora)

O ano que passou foi cheio de boa banda desenhada no nosso país, e não só de livros da GFloy! Mas achamos que contribuímos, e muito, para um dos melhores (senão mesmo o melhor) anos de BD de sempre em Portugal. E queremos continuar em 2018! Aqui têm então uma pequena antevisão do que o ano vai trazer de edições na GFloy até ao Verão, cerca de 25 livros se tudo correr bem.
As nossas séries de sempre continuarão claro está, mas pelo menos duas delas não estão incluídas na foto das novidades: SAGA 8 ainda não saiu nos EUA, nem Southern Bastards 4, pelo que decidimos empurrar esses dois títulos para Setembro, em princípio.
Chu deverá ter mais dois volumes até ao Verão, tal como Harrow County (o volume 3 que tinha sido originalmente previsto para Dezembro sai já em Janeiro), e Outcast e The Wicked + The Divine mais um volume. Iniciamos também novas séries: Descender, de Jeff Lemire e Dustin Nguyen, Os Malditos (The Goddamned), de Jason Aaron e RM Guéra, O Legado de Júpiter, por Mark Millar e Frank Quitely (de que lançaremos dois volumes até Julho).
Por falar em Mark Millar e na Millarworld - muito na berra depois de ter sido adquirida pela Netflix - iremos lançar também outros livros do autor: Imperatriz, com arte de Stuart Immonen, já em Janeiro; e também MPH, com arte de Dencan Fegredo, e Starlight, com arte de Goran Parlov.

Em termos de romances gráficos e de histórias autocontidas, os grandes relevos vão para: Afirma Pereira, com arte do francês Pierre-Henry Gomont, que adapta o romance de Antonio Tabucchi do mesmo nome, e que foi um dos maiores sucessos do ano de 2016 em França; e o magnífico The Fadeout, de Ed Brubaker e Sean Phillips, multi-vencedor nos Eisners, numa edição completa com cerca de 400 páginas! E ainda Indeh: Uma História das Guerras Apache, com argumento do actor Ethan Hawke e arte do veterano Greg Ruth.

Temos também já em Janeiro Potter's Field: O Cemitério dos Esquecidos, história a meio caminho entre o policial noir e a história de super-heróis (de Mark Waid e Paul Azaceta), e mais para final da Primavera, The Empty Man, uma história de terror com argumento de Cullen Bunn e arte de Vanessa Del Rey, que irá em breve tornar-se num filme.

Na Marvel, continuaremos as sagas que já iniciámos, com mais volumes de Uncanny X-Force e de Imortal Punho de Ferro (um de cada antes do verão, um de cada depois). Mas teremos também Jessica Jones: O Pulso, numa edição integral (de mais de 300 páginas) que junta toda esta saga da personagem num volume, em preparação do lançamento da nova série AKA Jessica Jones, mais para o fim do ano.

Já em Janeiro teremos também Thor: Os Últimos Dias de Asgard, uma saga autocontida escrita por Jason Aaron e com arte de Esad Ribic (mas que abre caminho para uma série que a Goody editará mais tarde durante o ano).
Mas a novidade grande é o lançamento de novas séries da Marvel: Cullen Bunn continua a constituir o seu catálogo, desta vez com a fenomenal série de livros de Deadpool que escreveu, de que o primeiro, Deadpool Mata o Universo Marvel (com arte de Dalibor Talajic) sai antes do Verão; e Ms. Marvel, uma das mais aclamadas e premiadas séries da Marvel de sempre chegará também na mesma altura à GFloy. E Wolverine regressará ao nosso catálogo mais para o fim do ano, mas sobre isso, notícias mais para a frente!


Espero que as notícias vos entusiasmem! Ficam de fora os lançamentos de BD de autores portugueses que iremos fazer em conjunto com a ComicHeart, que serão anunciados em breve.


(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

2 comentários:

  1. Tirando os marvel, tou em todas

    ResponderEliminar
  2. Muito boas novidades. Esperemos que se concretizem.
    Abraço
    Carlos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...