Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

19/06/2017

Três Capas

Quem vê caras, não vê corações

Adaptando à BD aquele ditado, podemos dizer: “Quem vê capas, não vê conteúdos”, embora neste caso, geralmente o interior esteja mais próximo da ‘embalagem’, nomeadamente quando o desenhador de uma e outro são o mesmo.
Deixo três magníficas capas, de outras tantas edições recentes nacionais, que chamaram a minha atenção – e até justificaram este texto! – diferentes entre si, em termos de temáticas, técnicas, estilos, composições, colorido e mensagens…
Sem avançar para os conteúdos – de que falarei ou não se tal se justificar -, sem comentários, sem comparações, sem justificações, apenas porque sim, porque gostei delas e porque me parece que cumprem o seu papel principal: cativar o potencial leitor, para virar a capa e mergulhar na leitura.

  
(imagens disponibilizadas pelas editoras; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

4 comentários:

  1. Falando de capas e falando de Michel Vaillant... agora que neste rebelião, colocaram o simbolo da ASA do lado esquerdo (quendo, se ficasse a meio até não ficaria mal), ainda mais acho cretino a opção do "crânio" que decidiu colocar o simbolo da ASA a meio da capa anterior (renascimento?) mas que ficava descentrada relativamente ao carro e dessa forma, perfeitamente idiota....

    ResponderEliminar
  2. Fiz um comentário aqui. Desapareceu ou nunca apareu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava escondido, na pasta de spam...! Mas já voltou!
      Boas leituras... e comentários!

      Eliminar
  3. Nunca discutas com um designer... ;)
    Boas leituras!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...