Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

30/05/2017

Cidades

Em jeito de passeio




Ruas, avenidas, praças, travessas, becos.
Casas, prédios, vivendas.
Jardins, centros comerciais, lojas.
Paragens de autocarro, cabines telefónicas, paragens de táxis.
Cidades...
… e as pessoas que lá vivem.
Algumas delas são os membros do The Lisbon Studio, o colectivo que partilham, onde trabalham diversos autores portugueses de BD.
São (algumas d)as suas histórias - as que viveram, as que contam, as que ouvem, as que imaginam - que compõem, que preenchem, que saltam para lá das páginas deste Cidades. Ponto de chegada e de partida, local de confluência e de dispersão, de encontros e desencontros, de pedaços de vida e de vidas aos pedaços.
As cidades onde vive(ra)m, as que imaginaram, as que podiam ter existido.
Há de tudo nestas (suas) cidades, ao sabor do talento e da inspiração. O fantástico de Ricardo Cabral, o documental de Dileidy Florez, os delírios (?) de João Tércio, o irreal (real?) de Gonçalo Duarte, as confissões de Joana Afonso e Marta Teives/Pedro Moura, o relato do que pode até ser assim de Filipe Andrade…
Cidades, primeira incursão da G. Floy na BD nacional, numa parceria com a Comic Heart, que (se) pretende continuada e regular, é uma proposta de descoberta de autores portugueses. Nele, o livro, nela, a cidade, nelas, as suas histórias, todos - quase todos? - encontrarão momentos agradáveis e outros nem tanto, desafios, estímulos, convites à descoberta e portos de abrigo.
Basta abrir, ousar entrar e passear.
Pelas Cidades (deles) que também podem ser (as) nossas.

Cidades
The Lisbon Studio Series, vol. 1
Joana Afonso, João Tércio, Dileydi Florez, Gonçalo Duarte, Filipe Andrade, Marta Teives e Pedro Vieira de Moura e Ricardo Cabral
Inclui prefácios de Jorge Coelho e Filipe Homem Fonseca
G.Floy/Comic Heart
Portugal, Maio de 2017
170 x 240 mm, 120 p., pb e cor, capa dura
ISBN: 978-84-16510-31-3
11,99 €

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

2 comentários:

  1. Nunca fui muito fã de livros com várias histórias e de vários autores. Mesmo com um denominador comum. No entanto, dentro do possível, tento comprar toda a BD produzida em Portugal por Portugueses. Devido a isso adquiri dois ou três dos projectos Zona, que se podem considerar similares a este projecto (com muito menor projecção), e também este Cidades.

    Nota-se que é um livro editado com muito cuidado e com uma boa qualidade. Gostei muito da introdução que dá aconhecer o projecto Lisbon Studio a quuem é de fora do circuito, mas confirmei mais uma vez eu não sou mesmo fã deste tipo de projectos.

    Gostei da história da Joana Afonso. Em poucas páginas consegue pôr muito do ser humano e da vida. Da história Dileydi Florez pelas paisagens de Lisboa e pela 'vida' de um dia de duas pessoas com interesse por cultura. Da história do Filipe Andrade, mas considero que esta deveria/poderia ser mais expandida. E para mim, a melhor do livro é a do Pedro Moura (argumento) e da Marta Teives (desenho). Um argumento com principio, meio e fim e um desenho muito limpo e bem expressivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela partilha, pco69.
      Estamos muito próximos, no que diz respeito à opinião sobre as histórias incluídas neste volume.
      Boas leituras... curtas ou compridas!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...