Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

26/04/2017

O Asilo do Joker

Elogio da (a)normalidade


A ‘reboque’ deste volume, regresso à ‘assumida diversidade’ da colecção da Levoir No Coração das Trevas DC, em curso com o jornal Público, desta vez sob ópticas diferentes: a validade indiscutível de relatos curtos auto-conclusivos, sem ligações a cronologias ou sagas, e o potencial das personagens secundários, no caso alguns dos vilões de Batman.
Nomeadamente, (quase) por ordem de entrada em cena, Pinguim, Hera Venenosa, Duas Caras e Harley Quinn. E, claro, o Joker.
São eles os protagonistas destes cinco relatos - outros cinco, protagonizados pelo Espantalho, Enigma, Crocodilo, Chapeleiro Louco e Cara de Barro, igualmente publicados nas duas mini-séries de onde estas são oriundos, ficaram de fora – nos quais o Joker surge como linha condutora e traço de união entre eles, ao abrir, enquanto apresentador, cada uma destas histórias oriundas do asilo que todos frequent(ar)am, encerrando-os depois com a extracção - por vezes forçada… - de uma moral edificante… ou não!
Sem mais em comum, para além do protagonismo do vilão e da breve aparição do Batman em cada um, estas histórias curtas e completas - com a duração de um comic, 22 páginas, cada uma - mostram o elevado potencial de cada uma das figuras que destacam, assente nas suas características intrínsecas: a tragédia e a solidão do Pinguim, a dualidade do Duas Caras, a venenosa sensualidade da Hera, a jovial infantilidade da Harley, aplicadas a situações aparentemente banais e quotidianas, como o tráfico de seres humanos, a exploração imobiliárias, o voluntariado ou o Dia dos Namorados, explorados, pelo menos à partida, numa óptica de humanidade e valorização social, mas deturpadas e viradas do avesso pela propensão para o crime de cada um dos protagonistas.
E acima de todos, e a abrir, mas como cereja no topo do bolo, o Joker com a sua loucura insanamente lúcida, numa viagem incómoda ao mundo louco das televisões e da guerra sem quartel pelas audiências.

O Asilo do Joker
No Coração das Trevas DC #8
Arvid Nelson, Jason Aaron, J.T. Krul, David Hine e James Patrick (argumento)
Alez Sanchez, Jason Pearson, Guillem March, Andy Clarke e Joe Quinones (desenho)
Levoir/Público
Portugal, 27 de Abril de 2017
170 x 260 mm, cor, cartonado
9,90 €


(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...