Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

16/03/2017

Capitão América: Uma nova era

Os EUA e o terrorismo





Com os atentados de 11 de Setembro de 2001, a América – bem como os seus (super-)heróis –descobriu um novo inimigo: o terrorismo.
Uma forma mais brutal de assassinar, de exercer vinganças básicas, sem a cobertura (ilusória) das guerras.
Ou, conforme os pontos de vista, uma resposta à opressão…
Capitão América: Uma nova era é um reflexão – intimista e incómoda – sobre as guerras tradicionais e o terrorismo e sobre como umas e outro provocam – sempre, inevitavelmente – (muitas) vítimas colaterais.
Se a defesa do sonho americano, dos seus ideais – das suas utopias? – continua a ser o que serve de guia e orientação ao mais americano de todos os super-heróis, torna-se inevitável para ele um questionar crítico da responsabilidade dos EUA no aparecimento desse mesmo terrorismo e dos métodos utilizados – ou dos procedimentos que deixa de utilizar - pela que se afirma a melhor nação do mundo.
Numa história que começou a ser escrita horas antes dos atentados, mas cujo rumo eles alteraram completamente, o belo traço de John Cassaday, realista, agradável, bem servido por uma paleta de cores muito contida, que uniformiza todo o relato, é mais um contributo para justificar uma leitura que ultrapassa o âmbito específico dos super-heróis.

Capitão América: Uma nova era
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
Volume 3
John Ney Rieber (argumento)
John Cassaday (desenho)
Dave Stewart (cores)
Salvat/Sábado/Record
Portugal, 16 de Março de 2017
180 x 260 mm, 168 p., cor, cartonado
11,99 €

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

1 comentário:

  1. Apenas para informar que está à venda na FNAC uma edição Panini (BR) do Capitão America (A Morte do Sonho) do Ed Brubaker e Steve Epting.
    Joao Alves

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...