Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

19/12/2016

Crónicas da Comic Con










Com a Comic Con como (cenário e) pano de fundo, cinco narrativas sobre ser fã, cosplay, ignorância jornalística e… excessos.

Comecemos pelo excesso, para não deixar no fim uma imagem negativa de um livro que podia ser diferente, sendo igualmente interessante.
Crónicas da Comic Con, um projecto organizado por Bruno Caetano e com o talento de Patrícia Furtado, Marta Teives, pedro Moura, Nuno Rodrigues, Miguel Montenegro e Carlos Pedro, tem 192 páginas; 76 são banda desenhada, as restantes (116, 60 % para quem gosta de números) são de apresentação, resumos, desenhos preparatórios, esboços… Eu gosto deste tipo de extras, devo dizer: o trabalho preparatório, a forma como o autor atingiu o que me chega às mãos impresso mas… mais de metade de um livro com isto? O livro (objecto) ganhou, é verdade, tem outra densidade e consistência, mas para quem lê fica o sabor a pouco. É o tal excesso referido acima…
Posto isto, saúdo a edição e o cuidado que houve com ele. E logo à partida, acho muito importante o trabalho inicial de Bruno Caetano – o trabalho de editor a que faltou continuidade por razões diversas, algo ausente na maioria das edições nacionais… - juntando os autores, definindo temáticas, distribuindo páginas… o que (mesmo assim) se nota no produto final que se apresenta ao leitor equilibrado e cumpre plenamente o pretendido: um conjunto de histórias com a Comic Con (Portugal) como pano de fundo. Destacando o ardor dos fãs, abordando o cosplay – e os mal-entendidos que ele pode provocar -, mostrando o caminho geracional das paixões ou revelando o evento como um local de convívio e partilha, tudo isso – e mais! - está patente, de forma diferente, com recurso a formas gráficas e narrativas díspares, escolhendo diferentes – tão diferentes, na forma, no espaço, no tempo… - Comic Con como cenário e ponto de partida.
Uma edição toda em português, também para descoberta ou confirmação de talentos, que até teve uma capa especial para o evento – de que é espelho e de que espelha a importância crescente - e que vale a pena descobrir.

Crónicas da Comic Con
Patrícia Furtado, Marta Teives, Pedro Moura, Nuno Rodrigues, Miguel Montenegro, Carlos Pedro
Bruno Caetano (organização)
Nuno Markl (prefácio)
Editora In
Portugal, Novembro de 2016
ISBN: 9789896488451
15,99 €

(imagens disponibilizados pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão; ver mais pranchas aqui)

1 comentário:

  1. Um dos problemas dos extras, é que muitos deles são perfeitamente redundantes: sinopses das histórias a seguir à história (e não são sinopses no sentido da proposta que foi fewita inicialmente e DEPOIS transformada em BD, parecem sinopses mesmo, resumos da história feitos a posteriori. Alguns outros extras são bons, mas a verdade é que também são desiguais: interessantes nalguns autores, sem interesse noutros. Não digo isto como crítica, mas o modo de trabalhar dos autores influencia o interesse que os extras tem para os leitores.

    Pessoalmente, creio que o livro deveria ter tido apenas 128 pgs, e custar -2-3€, e teria sido MUITO melhor. Sem o ónus de parecer caro.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...