Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

20/10/2016

Nas bancas: Sandman #3








Hoje, 20 de Outubro, é publicado mais um volume de Sandman, Terra de Sonho, o terceiro desta saga de histórias inquietantes e ao mesmo tempo deslumbrantes. Com o PVP de 11,90€, terá uma excitante leitura ao longo das suas 112 páginas.
Dividido em quatro histórias, todas elas independentes entre si, Gaiman tão depressa nos leva ao mundo da mitologia grega, apresentando Calíope a musa da eloquência e da poesia, a quem dedica o primeiro capítulo, como ao teatro de William Shakespeare "Sonho de uma Noite de Verão", uma fábula fantástica e ambiciosa que transborda de magia. Em 1991, Neil Gaiman (argumento) e Charles Vess (desenhos) ganharam com esta história o World Fantasy Award, prémio para uma história curta, sendo a única do género a ganhar este prémio até hoje e, foi também a última, uma vez que o regulamento foi alterado logo em seguida, para impedir que bandas desenhadas pudessem voltar a ser seleccionadas.

 

No primeiro capítulo, Calíope, a musa inspiradora de poetas e escritores, raptada há 60 anos por Erasmus Fry, é cedida a Richard Madoc, escritor com bloqueio criativo. Calíope serve assim de moeda de troca entre dois escritores que a violam e a usam para que a sua criatividade possa deste modo fluir.
Calíope é uma poderosa narrativa de vingança, de libertação e de exploração sexual.

A segunda história – Um sonho de mil gatos – é uma história a partir da perspectiva do mundo vista pelos gatos, quando uma gata se torna líder dos felinos juntando os gatos que vai encontrando no seu caminho e lhes conta como o mundo era antigamente, onde eram os homens que serviam os gatos e não o contrário. Pede-lhes que voltem a sonhar com um mundo de gatos novamente, onde nenhum gato sofra com a crueldade dos homens nem seja morto pelos seus caprichos.
Ninguém voltará a olhar para um gato da mesma forma depois de ler esta história desenhada por Kelley Jones.

No terceiro capítulo do livro temos “Sonho de uma noite de verão”, baseado numa das mais famosas peças teatrais de William Shakespeare. Nela Neil Gaiman relata o encontro entre Sonho e a personagem Shakespeare, em que este tinha prometido escrever duas peças ao Senhor dos Sonhos se tivesse sucesso como escritor.

 

No quarto e último capítulo deste volume temos Fachada onde ao invés de Sandman nos é apresentada a sua irmã, Morte. Esta é uma história sobre solidão, tristeza e desespero.
Ilustradas por Kelley Jones, Charles Vess, Colleen Doran e Malcom Jones III, as quatro histórias de Terra dos sonhos funcionam como uma bela e inspiradora porta de acesso a Sandman.

 

(texto e imagens disponibilizados pela editora; clicar nestas últimas para as apreciar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...