Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

21/10/2016

Dia da BD na Qual Albatroz




22 de Outubro é um dia dedicado à BD na Qual Albatroz, com uma exposição, uma oficina e uma palestra.


Exposição O Menino Triste sobre Tela
15 h
De 22 de Outubro a 20 de Novembro
Vamos começar por inaugurar a exposição O Menino Triste sobre Tela, que reúne trabalhos do João Mascarenhas, o maior autor de BD em Portugal (pelo menos em estatura).
O Menino Triste nasceu em 2001, por ocasião da sua publicação em livro. O universo desse primeiro livro é dedicado a Peter Pan, ou antes, à chamada “síndrome de Peter Pan” (não querer crescer, não querer abandonar a infância).
O Menino Triste, criação e alter ego de João Mascarenhas, conceituado autor de banda desenhada, escapou das habituais vinhetas em que habita, para invadir um novo suporte artístico: a tela.

Oficina: Vamos fazer um livro
Das 15h às 18 h
22 de Outubro
Vamos fazer um livro de cabo a rabo, mesmo à frente do seu nariz. A dupla de audazes que executará esta façanha é constituída pelo editor Marc Parchow e pelo autor-ilustrador João Mascarenhas. Esta obra garantidamente irrepetível contará, todavia, com algumas ajudas do público, bem como de profissionais experimentados, que, saídos da cartola do editor, vão ajudar a promover o evento.
João Mascarenhas, conceituado autor de banda desenhada e criador do Menino Triste, e o seu editor, Marc Parchow, vão fazer um livro de banda desenhada desde a ideia até ao objecto final, incluindo o lançamento do livro – tudo muito bem explicadinho e de forma bem-disposta.
Com a ajuda do público, a dupla vai esboçar e desenvolver uma ideia e, enquanto o João desenha o livro ao vivo, o Marc explica todos os passos do processo editorial. Manda-se imprimir o livro na gráfica local (basta uma qualquer máquina de fotocópias) e marca-se a apresentação do livro para o final da sessão. Cada participante vai poder adquirir, por uns singelos 5€, um livro absolutamente original e irrepetível. 

Palestra: Sair do Super Armário – Super-heroísmo vs. Heteronormatividade
Das 18h30 às 19h30
22 de Outubro
Uma breve perspectiva sobre a luta dos super-heróis e super-heroínas pela visibilidade LGBT no mainstream dos comics norte-americanos.
Na palestra que encerra este dia tão heterodoxo, abrimos portas ao Luís Soares, que nos vai falar sobre LGBT na banda desenhada. “Sair do Super Armário: Super-heroísmo vs. Heteronormatividade” é um meet and greet com algumas personagens LGBT da Marvel e da DC, que celebra a vitória da diversidade contra as forças opressivas da heteronormatividade.

Qual Albatroz
Fábrica da Pólvora, Edifício 25
Estrada das Fontainhas
2730-085 Barcarena


(texto e imagens disponibilizados pela Qual Albatroz; clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...