Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

08/09/2016

Zits: Peace, Love & Wi-Fi




Rodear, comprimir, escarafunchar, desinfectar, passar à próxima.
Abrir, ler, sorrir/gargalhar, passar à próxima (tira).
Espremer uma borbulha (zits) ou ler uma tira de Zits (borbulhas) implica uma rotina, sempre repetida, sempre diferente. Mas a que não se consegue fugir.

Provas? Peace, Love & Wi-Fi que não nos traz nada de novo: piercings, telemóveis, tatuagens, choque de gerações, preguiça, desarrumação, espreguiçar, devorar comida, namorar, carrinha velha, preguiça (já escrevi!), mais tatuagens, mais telemóveis, ainda mais desarrumação, continuar a namorar, continuar a chocar geracionalmente, diferenças rapaz/rapariga – e não são essas que estão a imaginar… -, youtube, pipocas, pizzas, grandes pizzas, enormes pizzas, música aos berros, lixeiras caseiras, (não) ouvir, clicar, teclar, ‘mensajar’, devorar (alarvemente) comida, mais comida, muita comida – toda a comida! -, (não) ler livros, imensa preguiça, introduzir passwords, não arrumar…
Sempre iguais, sempre diferentes, quase sempre divertidas, frequentemente a justificar a gargalhada, por vezes a justificar a partilha, cada tira, cada prancha de Zits (e os recorrentes e deliciosos delírios visuais) sendo rotineiras, quebram a rotina e obrigam o leitor a, compulsivamente, virar página após página para (re)descobrir o quotidiano de Jeremy e Sara, dos pais dele, dos amigos e amigas, num retrato tão justo quanto louco (também) dos (nossos) adolescentes.

Curiosidade
No site da Gradiva, a capa deste volume de Zits apesenta o nome da editora no canto inferior direito; na minha edição, esse logotipo pura e simplesmente não existe, sendo necessário ir à contracapa para encontrar o respectivo logotipo…


Zits: Peace, Love & Wi-Fi
Jerry Scott (argumento)
Jim Borgman (desenho)
Gradiva
Portugal, Agosto de 2016
215 x 275 mm, 208 p., pb e cor, capa brochada
23,00 €

(imagens disponibilizadas pela editora: clicar sobre elas para as apreciar em toda a sua extensão)

2 comentários:

  1. Pelos exemplos do post, parece que a série também passou a ser um livro mais pequeno, com duas tiras por página, em vez das "habituais" três.

    ResponderEliminar
  2. Por acaso é o contrário, pco69!
    O livro é maior, em formato italiano e por isso só publica duas tiras (ou uma prancha dominical), mas em maior formato. O que é óptimo numa tira como Zits em que as metáforas visuais são tão importantes.
    Boas leituras!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...