Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

12/08/2016

Princesa Leia











O ditado diz ‘dividir para reinar’; o recente regresso do universo Star Wars aos comics sugere uma inflexão: ‘dividir para dominar’.

Na verdade, depois do herói óbvio – Luke Skywalker – e do inesperado protagonista – o vilão Darth Vader – a Planeta propõe o terceiro vértice do triângulo – Princesa Leia – tentando abarcar o maior número possível de leitores com propostas diversificadas.
Tendo como base a destruição de Alderaan, o mundo natal de Leia, e como ponto de partida o seu desejo de unir todos os seus conterrâneos sobreviventes, Princesa Leia leva-nos numa aventura – conclusiva – por vários planetas da galáxia, numa narrativa em que impera a acção e valores como a lealdade, o espírito de entrega e sacrifício e a valorização de todos em detrimento de cada um, para que o objectivo traçado possa sr atingido. E que, terminada a leitura, faz constatar o quase exclusivo protagonismo feminino, talvez em busca das leitoras que os outros volumes não conquistam (?).
A escrita linear de Mark Waid facilita uma leitura leve e despretensiosa, bem sustentada pelo traço do casal Terry e Rachel Dodson, três veteranos dos comics com muitas provas dadas que, mais uma vez, afirmam o seu saber.

Star Wars: Princesa Leia
Mark Waid (argumento)
Terry Dodson (desenho)
Rachel Dodson (arte-final)
Jordie Bellaire (cor)
Planeta Editora
Portugal, Julho de 2016
170 x 260 mm, 128 p., cor, capa dura
16,99 €

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelaspara as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...