Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

11/08/2016

Nas bancas: Valentina









Esta semana o volume 9 da colecção Novela Gráfica, Valentina, de Guido Crepax, publicada nas principais revistas italianas, como Linus, Alter-Alter ou Corto Maltese.

Embora nascida como personagem secundária noutra série de Guido Crepax, Valentina, uma sensual fotógrafa de moda vai tornar-se a mais conhecida personagem do seu autor, graças às suas aventuras surreais, em que o onirismo e o erotismo se fundem.
Este volume recolhe uma selecção das melhores aventuras de Valentina. Clássicos intemporais, marcados pelo traço sensual de Crepax e pelo seu uso inovador da planif­icação, com destaque para Baba Yaga e para Valentina no Metro, uma criativa (e emotiva) homenagem de Crepax à Banda Desenhada e aos seus heróis e criadores.

 

 

Quinta-feira, 11 de Agosto, por mais 9,90€ com jornal Público

(texto e imagens disponibilizados pela editora; clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

1 comentário:

  1. Este foi o quarto livro que comprei desta coleção.
    Uma boa edição. Tinha receio que houvesse sobreposição com a coletânea da editora Conrad do Brasil. Mas não, tudo material complementar. Além disso gostei da opção da orientação ortogonal da história Valentina no Metro. Para além de permitir uma área útil maior, em pelo menos um caso permite a continuação da imagem de uma página para a seguinte.
    Apesar da gramagem ser inferior à da Conrad, a qualidade de impressão é superior. Na coletânea da Conrad os traços resultaram grossos, fugindo à arte original do Crepax com traços finos. A gramagem da Levoir é perfeitamente aceitável, por isso dou muito mais importância à qualdade de impressão, que foi um aspeto negativo para mim na edição da Conrad.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...