Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

13/05/2016

El Fantasma de Gaudí

  
“…hay algo directo y que no cambia en el trabajo de Gaudí. Algo puro. Algo que los libros no pueden explicar. (…) Algo como… un espíritu. Como un sueño que está ahí. Para vivirlo.”
In El Fantasma de Gaudí

E é esse sonho, esse espírito – esse fantasma? – que perpassa pelas páginas deste livro que funciona como breve introdução – e declaração apaixonada - aos monumentos que Gaudí criou tanto como um conseguido thriller policial que os tem por cenário.

Recém-premiado no 34.º Salón Internacional del Cómic de Barcelona – e a sua leitura esclarece porquê - esta obra de El Torres e Jesús Alonso Iglesias, parte de algumas das histórias, das lendas, das teorias sobre a obra de Gaudí em Barcelona, a sua localização espacial ou o porquê de estarem quase todas inacabadas, para as transformar no cenário, no motivo e, até, em co-protagonista de um relato policial apaixonante, denso e bem estruturado, pelas ruas e edifícios de Barcelona.
Nele, Jaime Calvo, um polícia com métodos demasiado expeditos e alguns fantasmas no passado, tenta descobrir quem é o assassino que simultaneamente ama e odeia Gaudí e anda a semear vítimas pelas suas obras, enquanto tenta manter viva Toni, aliás Antonia, caixa de supermercado arrastada pelo destino para uma história que não devia ser sua.
Recriando Barcelona e os edifícios que todos já vimos – mesmo sem nunca lá ter estado - com um traço firme e vigoroso, cujas personagens perdem em realismo menos do que ganham em expressividade e dinâmica, El Torres utiliza uma planificação (saudavelmente) desregrada, que nos surpreende continuamente, quer pela múltipla dimensão das vinhetas, quer pela multiplicidade de planos empregues.
Nasce assim uma frenética corrida contra o tempo, em que as vítimas se multiplicam em locais de crime sempre diferentes – mas sempre criados por Gaudí - num policial aos quadradinhos que é também uma declaração de amor e uma homenagem dos autores ao arquitecto catalão e à sua obra e, por consequência, um dos mais curiosos guias até hoje escritos para a introduzir.
Semeando a dúvida e baralhando as pistas enquanto nos faz conhecer pouco a pouco os dois protagonistas, El Fantasma de Gaudí conta ainda com uma aparição sobrenatural – será? – que, como uma bênção do além, vem pôr finalmente ordem no caos reinante e ajudar Jaime e Toni a reencontrarem o sentido para as suas vidas.

  

El Fantasma de Gaudí
El Torres (argumento)
Jesús Alonso Iglesias (desenho)
Dibbuks
Espanha, Setembro de 2015
195 x 275 mm, 124 p., cor, capa dura
ISBN: 978-84-15850-54-0
22,00 €

(clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...