Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

17/04/2016

Massimo Rotundo em Anadia








O desenhador italiano Massimo Rotundo é um dos dois convidados especiais da 3.ª Mostra do Clube Tex que decorrerá entre 23 e 24 de Abril em Anadia.
Fica uma breve apresentação do autor.

Nascido em Roma em 1955, Rotundo é um dos fundadores e docentes da Scuola Romana dei Fumetti e trabalha também para o cinema e teatro, onde já colaborou com nomes como Martin Scorcese ou Paul Verhoeven.
Na banda desenhada conta com uma vasta e larga experiência, fruto de uma carreira eclética iniciada no já longínquo ano de 1978. Para além de muitos outros trabalhos, destaque para a sua participação em revistas como L’Eternauta, Comic Art, Orient Express, Heavy Metal e L’Ècho des Savanes, assim como trabalhos para as editoras francesas Delcourt, Glénat e Albin Michel. [Data deste período o álbum Pasolini Pig! Pig! Pig!, com argumento de Jean Dufaux e editado em português pela Bertrand, em 1994.]
Na Sergio Bonelli Editore vai desenhar para as séries Brendon, incluindo as respectivas capas a partir do nº 45, Volto Nascosto e Shanghai Devil, sendo também o autor de todas as capas destas duas mini séries escritas por Manfredi.
Já foi distinguido por várias vezes, com destaque para o prémio Yellow Kid de 1990 como melhor desenhador italiano e o Gran Guinigi em Lucca. E ainda hoje cultiva uma paixão pela criação pictórica, assinando sob o nome de Max Grecoriaz.
Artista de grande exuberância criativa, Rotundo vai alternando a sua actividade pelos vários campos da arte, uma exigência pessoal que não lhe permite especializar-se em determinado sector. Necessitado de estímulos constantes, a possibilidade de desenhar para Tex vai permitir-lhe enfrentar um género ainda pouco frequentado pelo autor, o western.



(Texto e imagens fornecidas pela organização)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...