Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

22/04/2016

Leitura Nova: Tempestade sobre Galveston

 



Tempestade sobre Galveston, de Pasquale Ruju (argumento) e Massimo Rotundo (desenho), será editado com duas capas diferentes. O livro terá apresentação na 3ª Mostra do Clube Tex Portugal, dia 23 de Abril (Sábado), às 16h00, no Auditório do Museu do Vinho Bairrada - Anadia, com a participação de Massimo Rotundo, Rui Brito e Mário João Marques e moderação de João Miguel Lameiras, seguida de sessão de autógrafos.

O LIVRO
O coronel Woodlord administra ainda a sua plantação de algodão como nos tempos idos da escravatura. Na pista de um bando de ladrões de bancos, Tex e Carson acabam por se ver enredados numa elaborada intriga para encontrar um tesouro, herança de um famoso jogador de cartas e pistoleiro. Quem herda? Eleanor Hood, a fascinante proprietária do “Lucky Smile”, o “saloon” de Galveston, que aprendeu a crescer e fazer-se respeitar num mundo de homens. Decorrendo num período temporal de poucos dias, esta é uma história plena de peripécias, com reviravoltas sucessivas, num enredo onde os personagens servem para realçar as características clássicas de Tex: a invencibilidade, a intolerância contra os agressores e a capacidade de distinguir o certo do errado num só olhar. Enquanto decorre a acção, ao longe forma-se a tempestade do século que, com estrondo, se irá abater sobre a cidade!


OS AUTORES
Pasquale Ruju (Nuoro, 1962) forma-se em Arquitectura e chega à banda desenhada em 1995, depois de várias actividades no mundo do espectáculo, tendo sido, por exemplo, figurante em programas de televisão e actor no cinema, no teatro e também na televisão. Esta experiência muito contribuiu para Ruju considerar o cinema e a banda desenhada como duas belas formas de expressão através de diálogos e imagens, com a diferença de na última poder existir outra liberdade criativa, pois não amarrada a grandes constrangimentos orçamentais.
Depois de passar por várias séries como “Dylan Dog”, “Nathan Never”, “Dampyr” ou “Martin Mystère”, estreia-se em “Tex” em 2004, com a aventura “Nella Terra dei Klamath”, desenhada por Roberto Diso. Pelo meio cria “Demian” (2006) e “Cassidy” (2010), e desenvolve uma crescente actividade em “Tex”, onde irá imprimir uma narração clássica influenciada por Gianluigi Bonelli, firmando-se na série principal a partir de 2010. com as aventuras “La prova del fuoco” e “Un ranger per nemico”, ilustradas por Ernesto Garcia Seijas.

Massimo Rotundo (Roma, 1955) é um dos fundadores e docentes da Scuola Romana dei Fumetti e trabalha também para o cinema e teatro. Na banda desenhada conta com uma vasta e larga experiência, fruto de uma carreira eclética iniciada em 1978. Participou em revistas como “L’Eternauta”, “Comic Art”, “Orient Express”, “Heavy Metal” ou “L’Écho des Savanes” e publicou em editoras como Delcourt, Glénat ou Albin Michel. Na Sergio Bonelli Editore desenha para as séries “Brendon”, “Volto Nascosto” e “Shanghai Devil”.
Foi distinguido com o prémio “Yellow Kid” (1990) como “melhor desenhador italiano” e com o “Gran Guinigi”, em Lucca. Cultiva uma paixão pela criação pictórica, assinando sob o nome de Max Grecoriaz. Artista de grande exuberância criativa, vai alternando a sua actividade pelos vários campos da arte, uma exigência pessoal que não lhe permite especializar-se em determinado sector. Necessitado de estímulos constantes, a possibilidade de desenhar para “Tex” vai permitir-lhe enfrentar um género por ele pouco frequentado: o “western”.

FICHA TÉCNICA
Tempestade sobre Galveston
Argumento: Pasquale Ruju
Desenhos e capas: Massimo Rotundo
Tradução: José Carlos Francisco
Legendagem: Hugo Jesus
228 pág., p/b, brochado com badanas
24,5 x 18,5 cm, €16,99 (IVA inc.)
ISBN 978-989-8513-55-7
Polvo, Maio 2016

(textos e imagens disponibilizados pela editora)

2 comentários:

  1. Eis uma oportunidade de ouro para iniciar em Portugal um fenómeno exuberantemente popular como o é a banda desenhada em Italia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "banda desenhada Bonelli", reforçaria eu, caro Rui Campos.
      E plenamente de acordo, pois a boa edição da Polvo, segunda da agora baptizada colecção Tex Romance Gráfico, pode tanto agradar aos fãs da série como aos leitores mais exigentes no que ao livro em si diz respeito.
      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...