Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

15/01/2016

As Fantásticas Histórias da Madeira


Depois de há algumas semanas ter destacado aqui os álbuns Meurtre au Mont-Saint-Michel e Mont Tombe, criados ao serviço da promoção turística do Mont Saint-Michel, hoje destaco um projecto similar português, oriundo e centrado na Região Autónoma da Madeira.

São três álbuns – O Ataque do Submarino Alemão em 1916, Os Mistérios do Curral das Freiras e O Vinho que Salvou a Revolução Americana – que, partindo de factos reais e históricos, mas com abordagens e desenvolvimentos díspares, ajudam a conhecer um pouco mais sobre a História da Madeira.
Inevitavelmente (?), embora a promoção turística esteja na base de ambos os projectos, as diferenças entre eles são substanciais, muitas delas resultantes do historial, do peso, da tradição e da importância que a BD tem nos contextos português e franco-belga.
E essa diferença começa logo na apresentação, pois são evidentes alguma limitações gráficas nos desenhadores que assumiram estes álbuns, o que não entra em contradição com o facto de em todos eles poderem ser encontradas algumas soluções narrativas interessantes.
Em termos formais, se o formato escolhido fosse um pouco menor – o que teria beneficiado a arte – e tivesse havido a opção por capas cartonadas ou com badanas, isso tornaria as edições mais apetecíveis.
Em termos narrativos, o tom mais expositivo de O Vinho que Salvou a Revolução Americana, torna-o menos apelativo, apesar da curiosidade que está na sua génese.
Os Mistérios do Curral das Freiras apresenta-se como uma história de ficção-científica, uma vez que saltos temporais feitos por seres do futuro foi a (boa) solução escolhida para conseguir ligar de forma consistente factos ocorridos em várias épocas.
Dos três, no entanto, O Ataque do Submarino Alemão em 1916, que teve lugar no Funchal durante a Grande Guerra, é o mais conseguido, embora tivesse ganho se tivesse havido um maior recurso a diálogos entre os intervenientes para fazer avançar a narrativa em detrimento dos textos narrativos de apoio. Mas isso acaba por ser um aspecto menor, face à carga emocional e dramática que Roberto Macedo Alves, mentor do projecto e argumentista dos três livros, conseguiu imprimir à história que mostra os dois lados de uma mesma realidade.

O Ataque do Submarino Alemão em 1916
Argumento: Roberto Macedo Alves
Ilustrações: Martinho Duarte Abreu
Edição: APCA/Sétima Dimensão
210 x 287 mm, 64 p., cor, capa mole
15,00 €

Os Mistérios do Curral das Freiras
Argumento: Roberto Macedo Alves
Ilustrações: Ivan Mikael Correia, Pedro Dória Martins, Válter de Sousa, Martinho Duarte Abreu e Roberto Macedo Alves
Edição: APCA/Sétima Dimensão
210 x 287 mm, 32 p., cor, capa mole
12,00 €

O Vinho que Salvou a Revolução Americana
Argumento: Roberto Macedo Alves
Ilustrações: Válter de Sousa
Edição: APCA/Sétima Dimensão
210 x 287 mm, 32 p., cor, capa mole
12,00 €

Em encomenda conjunta os três livros ficam por 30,00 €

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...