Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

08/09/2015

La Espada Salvaje de Conan #1











Do país aqui ao lado – tão perto e tão longe… - surge a notícia de mais um novo e espectacular lançamento: La Espada Salvaje de Conan #1, que a Planeta DeAgostini propõe sob a forma de coleccionável, um pouco à imagem da colecção Comics Star Wars que tivemos a sorte de ver editado por cá.

Nascido – na BD – em 1970, nas páginas de Conan The Barbarian, um título da Marvel, o cimério conquistou rapidamente leitores, ao que não será estranho o talento dos autores inicialmente empenhados nessa adaptação da obra original de Robert. E. Howard (1906-1936): Roy Thomas, nos argumentos, e, especialmente, Barry Windsor-Smith e John Buscema, no desenho, embora outros nomes importantes por ele tenham passado.
Curiosamente, neste primeiro número, destaco The Secret of the Skull River, que tem arte de Jim Starlin e que eu descobri há muitos anos, nas páginas do Mundo de Aventuras – que o estreou em português em 1975, numa surpreendente mas justificada aposta de um título mais conhecido pela publicação dos clássicos da BD norte-americana.
Esta história, que descobri numa edição bem mais cuidada, encerra o presente volume e congrega todas as virtudes que se reconhecem à série: um universo ficcional original, fascinante e criteriosamente desenvolvido, uma personagem complexa e atractiva e doses bem equilibradas de mistério, fantástico, violência e sensualidade, inesperadas numa obra dos anos 1970.
A colecção da Planeta DeAgostini, cujas características podem ser exploradas na página da colecção, vai estender-se ao longo de 93 (!) volumes, oferece os habituais brindes – entre os quais se conta uma espada igual à de Conan, paga à parte, com mais de 3 quilogramas de peso (!).
Aos interessados, resta arranjarem um amigo em Espanha que vos faça chegar cada fascículo – em capa dura, a preto e branco, pranchas restauradas e alguns extras – ou então, reservarem-no no quiosque do sr. Pinto, na Rua Morgado de Mateus, no Porto, junto ao Jardim de São Lázaro.


La Espada Salvaje de Conan #1 Relatos Salvajes
Roy Thomas (argumento)
Barry Windsor-Smith, Gil Kane, Neal Adams, Jim Starlin, Al Milgrom (desenho)
Planeta de Agostini, Espanha, 25 de Agosto de 2015
200 x 290 mm,132 p, pb, cartonado, semanal
Volume 1: 2,99€
Volumes 2+3: 7,99 €
Restantes volumes: 7,99 €

23 comentários:

  1. uau essa seria a colecção do ano.
    Alguém têm contactos com a editora para persuadi-los a publicar também em portugal??

    ResponderEliminar
  2. Realmente! Muito bem visto Johnny. A Planeta publica tanta coisa por cá, não se poderia fazer uma votação aqui no blog como foi da altura da Marvel Panini e enviar os resultados para a congenere Portuguesa da Planeta? A P/B até deve sair mais barato que a da de Star Wars e o Conan tem tantos fãs em Portugal como as historietas do Lucas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "A Planeta publica tanta coisa por cá".

      Fora Star Wars e 4 vols. de Guerra dos Tronos, publicaram mais alguma coisa? Não me parece.

      Eliminar
  3. Por Crom essa é uma, se não a melhor coleção de BD.
    Poder reler e redescobrir esse maravilhoso personagem escrito por Roy Thomas e desenhado pelo Barry Windsor-Smith e John Buscema é de outro mundo.
    Já coloquei essa pergunta à planeta agostini portuguesa, toca a fazer o mesmo e pedir ao Pedro Cleto para fazer uma votação e apresentar esses resultados à editora.

    Para mim esta coleção é de longe uma das melhores e já há muito tinha sugerido essa ideia, vou rezar para que tenhamos sorte.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo9/9/15 10:52

    Da minha parte teriam mais um comprador garantido. O Conan do Thomas e do Buscema, a preto e branco, foi uma das series que me tornou num amante e colecionador de bd. Muito poucas coisas me fariam gastar este tempo, dinheiro e espaço (93 livros!!!) mas esta seria sem duvida uma delas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. até agora ainda não obtive resposta pela editora, mas se mais pessoas manifestarem interesse, no proprio site da planeta de agostini, sem dúvidas que ajudaria a despoletar algum interesse na publicação desta colecção no nosso País.

      Eliminar
    3. Eu não acredito que esta coleção chegue cá a Portugal. A Planeta DeAgostini publicou 70 vols. de Star Wars semanalmente e devem estar bem arrependidos disso. Devem ter sido muito poucos os que compraram os 70 vols., apenas algumas centenas, com sorte.

      Não temos mercado pra estas coleções enormes e muito menos sendo elas semanais e não creio que a Planeta DeAgostini queira investir nisto no nosso país. Aliás, a Planeta DeAgostini nunca teve interesse em publicar comics em Portugal, excluindo os casos das coleções de Dragon Ball, Star Wars - praí uma dúzia de edições há mais de 10 anos e os 70 vols. mais recentes, mais o Omnibus, e os 4 vols. de Guerra dos Tronos. Não o fizeram e nem o fazem porque já sabem o que a casa gasta com este nosso mercado minorca. Sugestão: querem comprar isto, sigam a dica do Pedro Cleto.

      Eliminar
    4. Quanto às vendas da coleção star wars não tenho qualquer feedback. Comprei a coleção toda e não estou de modo algum arrependido. Para mim nenhuma coleção editadas até à data consegue bater esta coleção, Pois estamos a falar de uma coleção completa ou quase completa de uma obra escrita por um grande argumentista e com desenho de algum dos melhores desenhistas dos comics, mas essa é a minhan opinião.

      Eliminar
  5. Que esta é uma boa colecção, não tenho dúvidas.
    Quanto à sua eventual publicação em Portugal, já me parece mais difícil mas não impossível.
    Não sei se a Planeta DeAgostini ficou satisfeita com as vendas do Star Wars, mas algo me diz que sim.
    Para já fico por aqui, mas prometo voltar ao assunto em breve...

    Até lá... boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eis a resposta da planeta de agostini:
      Exmo. Senhor João da Costa,

      "Lamentamos mas não temos previsto o lançamento da coleção que mencionou. Todavia informamos que, uma vez que o objetivo do nosso trabalho é ir sempre ao encontro das preferências e expetativas dos nossos clientes, registámos o seu interesse neste tema para ser analisado em futuros lançamentos."

      Eliminar
    2. Continuo a acreditar que se mais pessoas pedirem para que esta coleção seja editada em Portugal, através do site da Planeta de agostini, as chances podem melhorar.
      Até podiam reduzir a coleção para 40 e não 90 livros?

      Eliminar
    3. Pedro, o que te leva a crer que as vendas da coleção de 70 livros semanais de Star Wars foram boas? Obtiveste informações disso? E quando dizes que em breve voltas ao assunto, é porque tens novidades sobre possíveis lançamentos futuros da Planeta DeAgostini?

      Eliminar
    4. Um pouco mais de paciência, Reignfire... ;)

      Boas leituras!

      Eliminar
    5. Agora quem não consegue dormir sou eu :)

      Em relação à possibilidade de ser publicado algo sobre o Conan...toca a escrever para a Planeta de agostini, através do site, de modo a mostrar interesse.

      Eliminar
    6. Agora quem não consegue dormir sou eu :)

      Em relação à possibilidade de ser publicado algo sobre o Conan...toca a escrever para a Planeta de agostini, através do site, de modo a mostrar interesse.

      Eliminar
  6. Cuidado com aquilo que desejam.

    Nos blogs espanhois há alguns comentários sobre esta coleção.
    Parece que por fora são muito bonitinhos, mas por dentro as comparações com outras edições deixam muito a desejar.

    Exemplos:
    http://i.imgur.com/w2aPeXc.jpg
    http://i.imgur.com/tNvjfgs.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A edição francesa, caso seja um integral, custa cerca de 25€, se for um album 12 a 15€.
      A edição da PdA é vendida a 7,99€ e essa é um dos primeiros capítulos escritos por Roy Thomas (4 ou 5 nº) logo pode ser o volume 1 que custou 2,99€.

      A pergunta que deve ser feita é se o pessoal quer comprar uma coleção, que dificilmente será editado por outra editora, e com a quase totalidade das histórias escritas por Roy Thomas, ainda que a impressão não seja de luxo?
      é que não vejo a Levoir, Asa ou outra editora apostar neste tipo de histórias (atenção que não tenho nada contra estas editoras, até porque a qualidade das mesma é superior ao da PdA)

      Eliminar
    2. Bom, pelo menos a edição espanhola não foi censurada como a francesa...

      Eliminar
    3. Fui comparar com "The Savage Sword of Conan Vol. 1" de 500 paginas da Dark Horse, que comprei há uns anos, e a qualidade da impressão parece igual a essas imagens.
      Algumas historias como "The Frost Giants Daughter" estão demasiado claras, mas outras como o "Red Nails" estão melhores.

      Como só paguei uns 11€ por ele até fiquei bastante satisfeito com o livro.

      Eliminar
    4. Sim, na edição espanhola há algumas oscilações de qualidade de impressão de história para história, possivelmente em função do material original disponível, mas globalmente ela é boa ou muito boa.

      Boas leituras!

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...