Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

09/07/2015

The Walking Dead #11 e #12











Há muitas formas de aproximação a The Walking Dead - neste caso a banda desenhada… - e eu tenho explorado algumas delas aqui em As Leituras do Pedro pela necessidade de, recorrentemente, salientar novas edições de uma série que tem já lançados em português 12 volumes (o que equivale a mais de seis dezenas dos comics originais).
Resumo-as, de alguma forma, já a seguir.

The Walkig Dead vale a pena...
... para descoberta de uma série que é sucesso de crítica e de público há muitos anos.
... pelo tema que serve de base à série: como o ser humano (cada ser humano) reage (de forma diferente) em situações limite.
... para avaliar a fidelidade da versão televisiva em exibição no canal Fox português.
... para sopesar como BD e série TV – que têm caminhado sensivelmente a par entre nós – gerem as mesmas situações de forma diferente, também em função das personagens que surgem, vivem ou morrem em cada um dos meios.
... pela força de alguns episódios, avaliados pontualmente mas sempre sem esquecer a sua integração no todo.
..., finalmente (por agora), apenas e tão só pela banda desenhada em si, porque The Walking Dead é uma excelente série aos quadradinhos, em constante renovação, reinventando-se ao mesmo tempo que se consolida e com algumas das personagens mais marcantes e bem definidas que a BD norte-americana foi capaz de criar na última década, década e meia.

The Walking Dead
Volume #11: Temam os caçadores
Volume #12: Viver entre eles
Robert Kirkman (argumento)
Charlie Adlard (desenho)
Cliff Rathburn (tons cinzentos)
Devir,
Portugal, Março e Maio de 2015
170 x 255 mm, 136 p., pb, brochado, 14,99 €

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...