Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

10/07/2015

Poderosos Heróis Marvel







Segundo informação publicada no Facebook da Levoir, no próximo dia 23 de Julho tem início a colecção Poderosos Heróis Marvel, distribuída com o jornal Público.
No total serão 15 volumes, com capa cartonada, por 8,90 €
A lista completa das obras e respectivos autores, já a seguir.

1.       Era de ULTRON I
Brian Michael Bendis e, entre outros artistas, Bryan Hitch, Brandon Peterson, Carlos Pacheco

2. Era de ULTRON II
Brian Michael Bendis e, entre outros artistas, Bryan Hitch, Brandon Peterson, Carlos Pacheco

3. Homem de Ferro: Semente de Dragão

John Byrne e Paul Ryan

4. Viúva Negra: O manto da Viúva - uma antologia de histórias

Vários autores

5. Homem Aranha: Tormento

Todd McFarlane

6 .Justiceiro: A Ressurreição de Ma Gnucci

Garth Ennis e Steve Dillon

7. X-MEN: Caixa Fantasma

Warren Ellis e Simon Bianchi

8. Homem-Formiga: Um mundo pequeno
Stan Lee, Jack Kirby e John Byrne

9. Capitão América: Sonhadores Americanos

Ed Brubaker e Steve McNiven

10. Wolverine: Ilha da morte

Frank Cho

11. Demolidor: Partes de um todo

Joe Quesada e David Mack


12. Thor: Coração do Mundo
Matt Fraction e Olivier Coipel

13. Gavião Arqueiro: Quem pelo arco vive
Matt Fraction e David Aja

14. Hulk: Futuro imperfeito

Peter David e George Pérez

15. Universo Marvels: Através da objectiva #1-6

Kurt Busiek e Jay Anacleto

38 comentários:

  1. Podia ser melhor a escolha no Demolidor e Latinha (que saiu num ghm abril jovem) é fraquinho,por exemplo.o Hulk se imitar o hc e sc usa vai trazer o The End que saiu no Hulk Jn/Devir nessa coleção.Wolverine ´é um arco non sense que vale pela arte do Cho,tal como Tormento e Caixa Fantasma,Era de Ultron como mega saga é bem fraca e mal desenhada.

    ResponderEliminar
  2. What a fuck...então vão começar Daredevil pelo segundo volume. Isto não é o arco que segue ao Guardian Devil do Kevin Smith e Quesada? O mais correcto seria publicar o primeiro volume. A malta da Levoir não sabe muito bem o que anda a fazer ou então só publicam o que os senhores editores apreciam.

    E o Thor? Porque começar o volume 4 quando deixaram o volume 3 a meio no Verão passado?

    Vou ali até à notíca da Devir sobre o Parker do Darwin Cooke onde parace haver um pouco mais de coerência no que se publica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reignfire12/7/15 05:15

      Eeeeerr...You got a point.

      Eliminar
    2. [modo ryan reinolds ON] I know, right?

      Eliminar
  3. Destaque absoluto para "Gavião Arqueiro: Quem pelo arco vive", de Matt Fraction e David Aja, que até tem o mérito de agradar a quem não gosta de super-heróis.

    ResponderEliminar
  4. No Goodreads e na Amazon, o pessoal concorda que este volume do Daredevil é melhor que o do Kevin Smith, possivelmente tiveram isso em conta na escolha. Eu pessoalmente não me queixo. Já tenho o Guardian Devil em inglês, e assim fico com a sequela que nem sequer estava disponível em ING.

    A outra possibilidade (e a que me chateia), é o número de páginas. O Guardian Devil tem 12 issues, o que dá um volume muito grande. Chateia-me a escolha dos arcos do Thor, Iron Man e Wolverine, que escolheram arcos de 3ª apanha porque são heróis conhecidos do cinema, e então escolhe-se arcos mais fraquinhos, com menos páginas para fazer dinheiro à conta dos parolos que vão comprar a colecção toda.

    Se o Age of Ultron for só as 288 págs do TPB, em dois volumes de 144 cada, em vez do HC que junta os tie-ins em 500 págs, 250 em cada volume, provavelmente não vou comprar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Daredevil: Guardian Devil tem 8 issues e corresponde a cerca de 200 páginas. De qualquer das formas o número de páginas deve ter pesado na sua não inclusão. De acordo com as declarações algo recentes do José de Freitas, acho que a Levoir e o Público não permitem livros com mais páginas do que um determinado limite e julgo que esse limite deve andar á volta das 160 páginas.

      Eliminar
    2. Isso! Tinha quase a certeza que eram 12... Está a pedir uma re-leitura...

      Eliminar
    3. Olha lá, ó Anónimo... E se fosses chamar "parolo" a quem te fez as orelhas? Hás-de ter muito a ver com as opções de cada um e/ou com o modo como gastam o seu dinheiro... Se calhar, ainda eras um brilho nos olhos do teu dignissimo progenitor já muitos dos "parolos" compravam BD... Não gostas, não comes. Agora, não cuspas no prato: é falta de educação. Ou, se não podes comprar, deixa-te de mesquinhez: fica-te mal... Como se diz, cá no burgo: "Se não podes, arreia!".

      P.S.: Ao Pedro Cleto, peço desculpa, mas não podia deixar um comentário deste teor energumeno passar incólume. Se não considerou o comentário do senhor Anónimo injurioso, o meu menos o será. Pelo menos tive a educação de não ofender ninguém: só respondi " à letra".

      Eliminar
    4. "e o Age of Ultron for só as 288 págs do TPB, em dois volumes de 144 cada, em vez do HC que junta os tie-ins em 500 págs, 250 em cada volume, provavelmente não vou comprar."

      Os tie-ins de Age of Ultron só servem pra encher chouriços.

      Eliminar
  5. Err. O que é uma capa cartonada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No facebook da Levoir refere que será em capa dura.

      Eliminar
    2. capa dura

      Eliminar
  6. Pena não terem optado por publicar a ultima história do homem aranha superior, que ficou em falta, e completar com a nova fase do herói ...
    Com a estreia da série do demolidor poderiam ter publicado uma fase do Brubacker ou Bendis, que na opinião geral é a melhor continuação após a saida de Frank Miller, e que possivelmente agraderia o mesmo publico que viu a série

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compra a edição brasileira de Homem-Aranha Superior #19 que deverá sair em janeiro ou fevereiro.

      Eliminar
    2. Apesar do papel de lixo das revistas panini Br decidi comprar as edição 11 e 12 dos X-men, que continua exactamente onde a edição da panini parou, mas quanto aos vingadores nem vê-los :( as revistas não chegaram à minha papelaria. Face a isto fico com receio de não conseguir a revista do homem aranha.

      Eliminar
    3. Reignfire17/7/15 14:59

      Tens de mandar mail para assistencia.press@urbanos.com e perguntar onde vende as revistas que tu desejas ou sugerir pontos de venda.

      Quanto a Vingadores, das duas uma:

      a) ou compravas as revistas dos Vingadores e compravas a mini-série do Infinito do 3 ao 6 PT-BR na Casa da BD - nem sei se ainda consegues arranjar.
      b) compras a saga completa em TPB/HC do Infinity que compila a saga principal mais os tie-ins, não sei se todos, mas pelo menos os mais relevantes.

      Eliminar
    4. C:compras a versão digital na comixology.

      Eliminar
    5. Reignfire18/7/15 00:08

      jony da costa - relativamente ao papel "lixo" das edições PT-BR, refiro que a revista que se seguirá à Homem-Aranha Superior chama-se Espetacular Homem-Aranha e irá ter uma versão com papel lwc, que é um papel plastificado mais fino que o das edições PT-PT. Pode ser que saia cá.

      Eliminar
    6. Obrigado Reignfire, vou ver se há alguma possibilidade em adquirir essas edições, apresar de já as ter lido em scan :)
      Como muitos leitores que acompanharam as edições da panini PT, esperava que a nova aposta da Levoir e Jn fosse a publicação de algumas continuações.

      Em relação à qualidade do papel, seria óptimo que as edições da panini mudassem o tipo de papel, mas já se sabe que o preço também sobe

      Eliminar
    7. Optimus Primal obrigado também pela sugestão, infelizmente o meu inglês não é tão bom como o meu francês.
      Mas de qualquer modo nada supere a possibilidade de ler um comic em papel, ainda que acabe por ocupar bastante espaço nas prateleiras :)

      Eliminar
    8. Se quer ler o último capítulo de Superior Spiderman com a mesma qualidade do que estava a ser publicado em Portugal fale com estes senhores simpáticos ali das bandas de Barcelona www.cdecomic.es Peça-lhes o Spider.man Superior #94 que tem o capitulo final de Superior Spider man e vários extras (incluindo um comic dos inimigos do aranhiço desenhados pelo portugues Nuno Plati). O castelhano lê-se bem, a qualidade é a mesma, os portes de envio não são assim tão caros, demora 48 horas a chegar à sua casa e se lhe pedir com jeitinho ainda lhe arranjam o final do iNfinity. Buena suerte.

      Eliminar
    9. jony eles vao receber ediçoes em Frances nao sei é se sao comics.

      Eliminar
  7. o Daredevil: Duardian Devil, do Kevin Smith, embora muito grande, chegou a estar na lista, mas foi vetado pela Panini para esta colecção. De qualquer maneira, este volume é uma história autónoma, que se lê perfeitamente sem precisar de ler o livro do Kevin Smith. Eu, pessoalmente, até gostei mais desta história. A do Kevin Smith começa muito bem, mas o final é uma desilusão,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reignfire17/7/15 02:37

      Dúvida: que fatores é que podem levam a Panini a vetar uma publicação? E porque é que o fazem? Se a editora portuguesa paga os royalties e não deve ser tão pouco quanto isso, porque é que eles não cedem os mesmos para a sua publicação portuguesa? É que se isto se tratasse de uma co-edição, eu compreenderia melhor isso, pois trata-se de um investimento de ambas as partes e em que tem que haver um acordo entre os mesmos. E depois não se compreende a decisão, visto que há 6 anos também foi republicado o Daredevil: Guardian Devil no Brasil pela Panini, e a Marvel republicou também há 5 anos, e há 2 anos foi publicado na Marvel Official Graphic Novel Collection e aqui nem sequer teve ou poderá nem vir a ter direito a uma 1ª edição. No caso do Quarteto Fantástico, até compreendo que a Marvel queira deixar de apostar em lançar material deles, mas também pra setembro irá sair um volume do Quarteto na Marvel Official Graphic Novel Collection.

      Eliminar
  8. A Panini não tem por hábito explicar essas decisões, mas geralmente tem a ver com o planeamento editorial deles. Por exemplo, nas colecções da DC nao deixaram publicar histórias dos New 52 para não prejudicar a venda das sobras das revistas brasileiras. Neste caso, é possível que se passe algo parecido e que essa história cabe por chegar a Portugal... No caso do Quarteto Fantástico, foi a própria Marvel que, como bem dizes, não quiz estar a promover uma série que tem um filme a sair de outro estúdio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse boicote ao Quarteto Fantástico e uma estupidez quer via Marvel/disney quer via Panini
      ,mal recuperem os direitos no cinema,vai ser muito diferente.No caso New 52 faz sentido em parte,no Daredevil: Guardian Devil é antigo podia ter saído via Devir como saiu e sai via Panini,Salvat etc
      Ou a Panini quer editar outra vez depois do fiasco Marvel Now!!!!!??

      Eliminar
  9. A Panini não tem por hábito explicar essas decisões, mas geralmente tem a ver com o planeamento editorial deles. Por exemplo, nas colecções da DC nao deixaram publicar histórias dos New 52 para não prejudicar a venda das sobras das revistas brasileiras. Neste caso, é possível que se passe algo parecido e que essa história cabe por chegar a Portugal... No caso do Quarteto Fantástico, foi a própria Marvel que, como bem dizes, não quiz estar a promover uma série que tem um filme a sair de outro estúdio.

    ResponderEliminar
  10. A sério que estas são as capas dos livros? Não há uma única boa escolha que se destaque no universo de publicações que se pode encontrar numa banca. A do Homem Aranha então é horrível, mais parece uma vinheta interior e não mostra em nada o virtuosismo do autor McFarlane. As ilustrações para as capas parecem ter sido escolhidas em cima do joelho. A de Gavião Arqueiro bem que podia ser uma das capas minimalistas da série original que prima por fazer do branco o farol que chama a atenção do comprador. Foram escolher uma capa alternativa que não corresponde em nada ao estilo e design da série em si.

    Já nem falo dos títulos nas capas, porque desde a primeira série que tem vindo a decair em qualidade e esta última parece ter sido prendada com um especialista no uso do WORDART do Windows 95. Que a qualidade das histórias façam esquecer o amadorismo das capas.A sério que estas são as capas dos livros? Não há uma única boa escolha que se destaque no universo de publicações que se pode encontrar numa banca. A do Homem Aranha então é horrível, mais parece uma vinheta interior e não mostra em nada o virtuosismo do autor MCFarlane. As ilustrações para as capas parecem ter sido escolhidas em cima do joelho. A de Gavião Arqueiro bem que podia ser uma das capas minimalistas da série original que prima por fazer do branco o farol que chama a atenção do comprador. Foram escolher uma capa alternativa que não corresponde em nada ao estilo e design da série em si.

    Já nem falo dos títulos nas capas, porque desde a primeira série que tem vindo a decair em qualidade e esta última parece ter sido prendada com um especialista no uso do WORDART do Windows 95. Que a qualidade das histórias façam esquecer o amadorismo das capas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  11. Capas manhosas faz parte da Levoir, se nao forem feias não valem a pena basta ver as da Planete e da G-floy.Para eles a capa não vende o livro,

    ResponderEliminar
  12. http://hotsitepanini.com.br/wizmania/confronto-de-titas/

    isto podia sair aqui mas graças a veto Marvel/Disney e Panini nem pensar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  13. Realmente esse confronto de titãs seria bem vindo.
    Em relação à escolha dos arcos para o Homem aranha é como já disseram: como é um personagem popular acaba por levar com histórias já conhecidas e já publicadas no nosso País, (a ultima caçada de Kraven e esse Tormento já foram publicadas em PT-BR)
    Hulk acaba também por levar também com uma edição que já foi publicado pela Panini e pela Abril.
    A ultima colecção de Batman nem se fala (regresso do Cav das trevas; Batman ano 1 e Asilo Arkham).
    Mas de qualquer forma continuo a achar o trabalho da Levoir importante no que concerne a publicação de comics, BD nas bancas, pois há alguns anos não era lançado quase nada e agora temos oportunidade de adquirir alguns bons títulos e colecções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reignfire19/7/15 16:09

      O Hulk: Futuro Imperfeito nunca chegou a sair cá pela Panini.

      A lógica das reedições segundo a equipa da Levoir e da G-Floy, é a de poder dar a conhecer os clássicos aos novos leitures que há 10 ou mais anos, ainda não sonhavam em ser leitores de comics. Isto com o argumento de que na altura venderam bem e hoje espera-se que voltem a vender bem.

      Na verdade se diga que nós não temos nada contra as reedições em si. Se há coisa que se possa ter contra é o facto de se se vai investir em reedições, isso vai retirar espaço ao material inédito, e isso é inegável.

      Infelizmente temos um mercado débil, e uma editora tem de fazer opções, mesmo que essas possam ir contra as pretensões de vários indivíduos dos poucos milhares que constituem este mesmo mercado. Penso que termos uma Devir, uma Levoir e uma G-Floy já é bem bom, dadas as circunstâncias. É aproveitar enquanto estas puderem, porque pode chegar o dia em que estas também poderão desistir de lançar comics. Hajam Josés de Freitas, Ruis Alves, e Lameiras, etc., que continuem a fazer o que podem por este nosso mercado.

      Relativamente a esta coleção em específico, acho que nem há grande motivo de discórdia relativamente a reedições, pois tudo o que será publicado, será inédito em português de Portugal.

      Eliminar
    2. Arranjem é um designer gráfico mais imaginativo e original. Olhando para outras colecções da Levoir não-BD (exemplo: a futura colecção de clássicos de cinema da Gaumont) vê-se que aquilo foi mais bem pensado para chamar a atenção do comprador na banca.

      Eliminar
    3. Reignfire Consegui comprar o Hulk "Futuro inperfeito" em lisboa :)
      Parece que tive sorte, ou então foi algum material que veio a mais na altura.

      De resto tenho de concordar contigo sobre a importância da Levoir, G-Floy e atá da Devir na publicação de bd, manga e comics.

      Gostaria que a G-floy lançasse a continuação do Hellboy, mas a vontade e desejo por si só não vende e sustenta uma editora.

      Sobre a generalidade da colecção há de facto algumas pérolas como a do gavião arqueiro, que há muito deseja ter na estante.

      Eliminar
    4. Reignfire20/7/15 23:55

      Se compraste numa banca, é porque deve ter vindo por engano. Aqui em Aveiro também chegou a sair por engano um TPB de Northlanders.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...