Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

22/05/2015

Tif et Tondu: Le retour de Choc

Intégrale #10






Já trouxe várias vezes aqui, a As Leituras do Pedro, Tif e Tondu – sempre nas aconselháveis edições integrais tão em voga no mercado francófono… e não só – mas, na sua essência e no seu conceito, para mim nunca passou de uma (boa) série de entretenimento, em que mistério, policial, antecipação científica e humor se combinavam em doses variáveis, atenuadas por alguma ingenuidade própria da BD franco-belga dos anos 1960 e 1970.
Por isso, a leitura deste décimo volume integral foi para mim uma boa surpresa.


Passo a explicar.
Compilação dos álbuns Traitement de Choc (32.º), Choc 235 (33.º) e Dans les Griffes de la Main Blanche (35.º), bem como da história (mais) curta Corps sur table, apresenta como elo de ligação (com excepção deste último relato) o confronto – sempre inacabado – entre a dupla de protagonistas e o misterioso vilão Choc. Ao seu lado – de uns ou outro, consoante os momentos das narrativas – surge a bela e sedutora Gina.
As histórias, sem entrarem em choque (!) com o espírito da série, assumem um tom mais adulto e elaborado, com um incremento da violência (veja-se o cínico final de Corps sur table), uma maior proximidade à actualidade (da época em que foram criadas) e mesmo algumas (contidas) alusões sexuais bastante inesperadas.
A explicação, 
é-nos dada por antecipa-ção, no incontornável dossier que abre este volume, enquadrando-as em mudanças de orientação então vividas pela revista Spirou, após alteração de proprietários, que, entre outras, estreava então XIII, Broussaille ou Arkel.
A par disto, Desberg ‘confessa’ que o novo patrão da Spirou, Philippe Vandoreen, passou a exigir argumentos completos e fechados, em detrimento das entregas parciais semanais que eram habituais. Desta forma, a escrita completa da história proporcionou uma maior coerência e estruturação, para gáudio e ganho dos leitores. Exemplo principal neste volume, é a forma como está narrada Dans les Griffes de la Main Blanche, em crescendo e com a acção a correr em paralelo entre Tif e Tondu (por uma vez rivais…), mas não posso também deixar de destacar o artifício gráfico que traduz a ‘super-velocidade’ que protagonistas e vilões assumem em boa parte de Traitement de Choc (32.º), conferindo um aspecto n o mínimo invulgar às suas pranchas.

Tif e Tondu: Intégrale #10
Le Retour de Choc
Desberg (argumento)
Will (desenho)
Dupuis
Bélgica, 2011
220 x 300 mm, 176 p., cor, cartonado
20,50 €

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...