Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

18/02/2015

Capitán América: Las Batallas del Bicentenario












O reencontro do Capitão América com o seu criador gráfico – ou será o contrário? – e uma viagem daquele por alguns dos momentos marcantes da História norte-americana, é a proposta deste volume que tem na sua quase totalidade a assinatura de Jack “King” Kirby.


Jack Kirby marcou de forma indelével a história da Marvel. Nos anos 40, em parceria com Joe Simon, criou um dos seus heróis mais emblemáticos, o Capitão América, para fazer parte do esforço de guerra e combater Hitler e os nazis.
Duas décadas depois, agora ao lado de Stan Lee, participou na criação do Quarteto Fantástico – que marcou o início da Marvel tal como hoje a conhecemos –Hulk, Homem de Ferro, Thor…
Desentendimentos levaram-no até à rival DC Comics, mas, em meados da década de 1970, surpreendeu muita gente ao regressar ao lugar ‘onde já tinha sido feliz’.
A proximidade temporal desse regresso com a comemoração dos 200 anos da independência dos Estados Unidos, levou-o a criar – como autor completo – a mini-série Capitan America’s Bicentennial Battles que leva o ‘seu’ Capitão América por uma viagem forçada por diversos momentos da História dos Estados Unidos, em busca do verdadeiro espírito e do melhor desse país.
Se é evidente aqui e ali algum menos à vontade da parte de Kirby nos cenários mais improváveis – o velho oeste, a Lua – o seu estilo único e inconfundível, ágil, dinâmico e expressivo, ajuda a suprir algumas páginas menos conseguidas e mesmo um argumento com uma base interessante mas que concedeu a algumas das épocas visitadas menos páginas do que as que seriam necessárias para desenvolver convenientemente a passagem do Sentinela da Liberdade por lá.
A segunda metade de mais uma boa edição da Panini espanhola é preenchida com a estranha saga do ‘povo nocturno’, um grupo de pacientes de um manicómio transportado para outra dimensão, a partir da qual fazem ataques à Terra para obter aquilo de que necessitam, incluindo um super-herói particular, no caso o Falcão. Entre loucura pura, simples anormalidade e algum despotismo, Kirby cria uma história diferente, um pouco assustadora, original e surpreendente, que teve um dos capítulos assinados por Gerry Conway e Sal Buscema.

Colecção Marvel Gold
Capitán América: Las Batallas del Bicentenario
Inclui: Captain America 201-205, Marvel Team-Up 52 y Captain America's Bicentennial Battles USA 
Jack Kirby (argumento e desenho)
Frank Giacoia (arte-final)
Gerry Conway (argumento)
Sal Buscema (desenho)
Panini Comics
Espanha, Janeiro de 2015
170 x 260 mm, 208 p., cor, brochada com badanas
19,95 €

(Com excepção da capa do livro, as imagens foram retiradas do Jack Kirby Museum)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...