Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

08/11/2014

Bedeteca da Amadora inaugurada hoje










Inauguração de Bedeteca dá continuidade à aposta da Banda Desenhada na Amadora durante todo o ano.
Mais informações já a seguir.

O AmadoraBD 2014 – 25.º Festival Internacional de Banda Desenhada, organizado pela Câmara Municipal da Amadora, termina este domingo, 9 de Novembro, mas a aposta na Banda Desenhada, por parte da autarquia, continua. Neste âmbito, é inaugurada a Bedeteca, na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, este sábado, 8 de Novembro, às 21h, com duas exposições: “O Resto da Revista – o que (quase) fica de fora das histórias da banda desenhada”, e “25 Anos, 25 Autores, 25 Cartazes”, dedicada aos cartazes das 25 edições do AmadoraBD.
Acolhendo mais de 40 mil publicações, entre álbuns, livros, revistas e fanzines, a Bedeteca assume-se como um espaço privilegiado de oferta de Banda Desenhada ao longo de todo o ano, apostando igualmente nas novas tecnologias e na BD digital.
Segundo a Presidente da Câmara Municipal da Amadora, Carla Tavares, a criação da Bedeteca “é mais um passo no reconhecimento da importância da Nona Arte para a Amadora, que pretende continuar a afirmar-se como a capital da Banda Desenhada e apresenta-se como mais uma peça na construção contínua deste projecto desafiante, pretendendo ser um espaço pensado para a difusão da BD nos seus vários suportes e que ambiciona chegar a pessoas de todas as idades, durante todo o ano”.
Para além das áreas dedicadas a álbuns, livros e revistas, a Bedeteca tem duas zonas de exposições (uma maior com uma programação expositiva entre os quatro e os seis meses e outra mais pequena, para exposições que permanecem entre as três e as seis semanas), uma área dedicada à Bedeteca Júnior, com publicações destinadas aos mais pequenos e uma sala que será a futura Fanzineteca, que acolherá um inúmero conjunto de fanzines, do qual fará também parte a extensa colecção doada por Geraldes Lino.
Comissariada por Mário Moura, a exposição “O Resto da Revista – o que (quase) fica de fora das histórias da banda desenhada” engloba uma série de pranchas de revistas de banda desenhada, dividindo-se em cinco núcleos: “O espaço entre as histórias”, “Passatempos e construções”, “Navegando entre as histórias”, “A cor das histórias” e “O tempo entre as histórias”.
Segundo o comissário, esta “é uma exposição sobre o avesso da banda desenhada, sobre coisas que estão lá, à vista de todos, que não fazem bem parte de uma banda desenhada, mas que a rodeiam e suportam. Trata-se de perceber como aquilo que rodeia e enquadra as histórias também as modela, de tal maneira que quando a Banda Desenhada se adapta a novos meios e contextos, esses dispositivos de enquadramento são recuperados, nem tanto por nostalgia mas porque dela já fazem parte. Para os apreciadores de design e os amantes da Banda Desenhada (muitas vezes uma só pessoa), esta será uma pequena amostra de toda a riqueza que fica entre estas duas áreas”.

A Bedeteca pode ser visitada de terça a sábado, das 10h às 18h.

Bedeteca na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos
Av. Conde Castro Guimarães

2720-119  Amadora

(Texto fornecido pela assoria de imprensa do AmadoraBd 2014)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...