Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

09/08/2014

Simpsons Comics #3













Apesar da revista #4 já estar à venda, deixem-me voltar um pouco atrás para (re)ler a primeira BD longa dos Simpsons, uma sátira divertida e louca ao universo dos super-heróis.
O desenvolvimento já a seguir.


A alguns níveis, será lógica – e até expectável – a discussão sobre a versão aos quadradinhos dos Simpsons.
Porque as vozes (!) soam diferentes, porque lhe falta a dinâmica televisiva, porque o desenho não está tão fiel quanto deveria, porque… porque… porque…
Para mim, para ler – e poder fruir – dos Simpsons em versão desenhada há um ponto de partida fundamental: compreender que o actual suporte narrativo – a BD – é diferente do suporte narrativo original – a televisão – e que, inevitavelmente, haverá diferenças.
Partindo deste pressuposto, surge outro igualmente incontornável: verificar a fidelidade – em termos de espírito – da BD à série televisiva. E aqui a resposta é um óbvio sim, até porque a versão aos quadradinhos é controlada de perto pelos criadores originais.
Posto isto se – como em (quase) todas as versões – prefiro o original, reconheço nos quadradinhos da família amarela capacidade de divertir, histórias originais e com alguns bons achados, o olhar mordaz sobre o nosso mundo e a (doentia) loucura do original. Em doses que, mês após mês, apresentam oscilações naturais em função da maior ou menor inspiração de Bill Morrison e da restante equipa criativa.
Quando os Universos Colidem, a história que preenche a totalidade da terceira edição da revista portuguesa da Goody, é até ao momento a narrativa com maior dose de loucura, conseguindo reunir numa mesma história os Simpsons e os seus conterrâneos, Itcht e Scratchy, as personagens de desenhos animados preferidos de Bart e Lisa, os super-heróis Bartman e Radioactive Man e Kodos e Kang, os extraterrestres que regularmente passam por Springfield. A isto tudo, podem ainda acrescentar uma explosão nuclear que transforma praticamente todos os cidadãos de Springfield em (improváveis) super-heróis.
Inicialmente publicada em três revistas diferentes – primeiro ponto de contacto com as narrativas ‘sérias’ de super-heróis aqui satirizadas – a história desenvolve-se balizada por situações e citações – facilmente reconhecíveis dos universos da Marvel e da DC Comics.
Aproveitando sucessivamente ‘tiques’ da TV e da BD, em inúmeras piscadelas ao leitor, o todo – ponto a favor – apresenta coerência e sustentabilidade em termos de desenvolvimento e conclusão, cumprindo os objectivos a que aspirava à partida: satirizar os super-heróis e divertir o leitor.

Simpsons Comics #3
Quando os universos colidem!
Originalmente publicado em Itchy & Scratchy #3, Simpsons Comics #5 e Bartman #3
Mike Milo, Harry McLaughlin,   Steve Vance e Jan Strnad (argumento)
Bill Morrison e Tim Bavington (desenho)
Cindy Vance (cor)
Goody
Portugal, 26 de Junho de 2014
195 x 285 mm, 64 p., cor, mensal, 2,50 €

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...