Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

25/05/2014

Leituras Novas – Maio 2014

Devir
A Pior Banda do Mundo Vol. 1 de 2
José Carlos Fernandes
A obra mais premiada da BD portuguesa, oferece uma visão de conjunto de uma cidade sem nome, uma mistura da Praga de Kafka, a Nova Iorque de Ben Katchor e a Buenos Aires de Borges.
Uma desastrada e inepta banda de músicos, de intenções vagamente jazzísticas e resultados
puramente caóticos, ensaia regularmente na cave de uma alfaiataria. Os seus membros são Sebastian Zorn (saxofone tenor), Idálio Alzheimer (piano), Ignacio Kagel (contrabaixo) e Anatole Kopek (bateria). Apesar de ensaiarem há três décadas, nunca conseguiram actuar ao vivo.
As aventuras destes músicos desprovidos de talento servem ao autor de pretexto para nos introduzir num mundo repleto de personagens entregues a ocupações improváveis e preocupações inverosímeis, formando um puzzle repleto de humor e melancolia que põe em evidência a notável capacidade de José Carlos Fernandes para retratar o quotidiano.
Este primeiro volume, de um total de dois, recompila os três primeiros tomos da série: O Quiosque da Utopia, Museu Nacional do Acessório e do Irrelevante e As Ruínas de Babel.
A Devir Livraria é um grupo editorial especializado em jogos e banda desenhada, presente em Portugal desde 1996.



Ficha Técnica
192 páginas a cores
FORMATO: 170 x 240 mm
ISBN: 978-989-559-219-7
EAN: 9789895592197
PREÇO: 22,00 € PVR
Volume 2 disponível em Julho

Mais Leituras Novas já a seguir.

AoNorte
O filme da minha vida #15: The Fountainhead
Pedro Rocha Nogueira
A colecção O filme da Minha Vida faz-se do repto lançado pela AO NORTE a autores portugueses de BD e ilustração para que criem um livro inspirado num filme que tenha deixado marcas nas suas vidas.
No âmbito da programação dos XIV Encontros de Cinema de Viana foi lançado o número quinze desta coleção – The Fountainhead, de Pedro Rocha Nogueira, a partir do filme homónimo, de King Vidor.


Banzai #4
Vários autores
A BANZAI #4 tem data "oficial" de lançamento o dia 1 de Maio.
Dos títulos regulares, apenas o "Miau Miau" está presente nesta edição, estando o "TMG" e o "Kuronkeo" dedicados a uma nova edição com um cariz muito especial.
Mas tem aqui novas histórias e novos talentos
Os conteúdos são:
MIAU MIAU 3 e 4, de Natalia Batista
TERAM, de Louise Faria
Mesmo sem ser a obra vencedora do 24H MANGA, decidimos que este manga tem qualidade para ser incluído na BANZAI.
AYAKA e YUKI, de Maria Borges
Yonkomas (ou 4komas) são sequências cómicas contadas em 4 vinhetas verticais.
Na BANZAI 4 contam as aventuras de duas irmãs e do que lhes acontece no dia-a-dia
YES MY LADIES, por Ricardo Santos, Marta Patalão, Sara Patalão, Maria Borges e Joana Morgado com coordenação de Manuela Cardoso.
Manga concorrente ao concurso internacional de manga da Shonen Jump em 2013.


Bertrand
Maus
Art Spiegelman
«A primeira obra de arte da história da BD.» The New Yorker

Maus - A História de um Sobrevivente é um romance gráfico escrito e desenhado pelo norte-americano Art Spiegelman que narra a luta do pai, um judeu polaco, para sobreviver ao Holocausto. O livro foi publicado «originalmente» em duas partes, e mais tarde reeditado num só volume. Nas tiras, os judeus são ratos (maus em alemão), os alemães, gatos; os polacos porcos e os americanos cães. O uso de antropomorfismo reflecte o espírito do livro: um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto.

«A narrativa mais comovente e eficaz alguma vez escrita sobre o Holocausto.», The Wall Street Journal

«Um triunfo modesto, emocionante e simples - é impossível descrevê-lo com precisão. Seria impossível realizá-lo em qualquer outro meio que não a BD.», Washington Post

«Uma história épica contada em minúsculos desenhos.», New York Times

«Uma obra de arte brutalmente tocante.», Boston Globe

«Spiegelman retrata os nazis como gatos, os judeus como ratos, os polacos como porcos e os americanos como cães. Todos são terrivelmente humanos.», The Times

«Maus é o registo das memórias do pai de Art Spiegelman, Vladek, durante o Holocausto. Acompanha a sua história, vinheta a vinheta, desde a sua juventude e o seu casamento na Polónia, antes da guerra, até à deportação para Auschwitz. A História de Um Sobrevivente criada por Spiegelman é uma narrativa crua e sem embelezamentos. Uma das afirmações mais repetidas acerca do Holocausto é de que é impossível imaginá-lo; tal como a guerra nuclear, o seu horror estaria para lá do alcance da imaginação artística. Spiegelman prova que essa afirmação está errada.», Independent

«Um relato intensamente pessoal da sobrevivência de uma família, que lida de um modo sensível e expressivo com experiências e emoções que muitos fariam de tudo para esquecer. Uma narrativa que revela como, quando a vida é reduzida ao nível da mera subsistência, a confiança e a traição assumem dimensões inauditas. Na tradição de Esopo e de Orwell, tem um efeito chocante e confere uma ressonância poderosa a um assunto que, na verdade, se encontra já bastante documentado. E a arte é tão poderosa e comovente, e de uma excelência tal, sem nunca recorrer a qualquer sentimentalismo, que, simplesmente, funciona.», Time Out







Devir 
Naruto #4: A ponte do herói
Masashi Kishimoto
Na formação de um ninja, há uma altura em que este tem de pôr de lado os seus princípios morais e enfrentar a verdade: os ninjas são máquinas de matar. Para Naruto, que acaba de ver Sasuke morto, esse momento é agora. A raiva desperta dentro de si o espírito da raposa de nove caudas, dando-lhe forças para vencer Haku – mas terá Naruto coragem para ir até ao fim? Quando a batalha no País das Ondas chega ao seu trágico final, os nossos heróis regressam à aldeia de Konohagakure mesmo a tempo dos exames chunin (grau ninja intermédio). Mas encontram ali reunidos ninjas iniciados de todo o mundo, a postos para a realização do exame, trazendo consigo o seu estranho ninjutsu e misteriosos intentos…

Ficha Técnica
184 páginas a preto
FORMATO: 126x190 mm
ISBN: 978-989-559-233-4
EAN: 9789895592333
PREÇO: €9,99 PVR


Edição de Autor
Diogo Carvalho
Obscurum Nocturnus
A Graphic Novel Obscurum Nocturnus é uma história de terror, fantasia e aventura em que David Gois, um jovem adulto jornalista e escritor de livros de autoajuda com algum sucesso, vê-se arrastado para um mundo de sobrenatural na cidade de Aveiro. Mundo esse envolvendo rituais demoníacos, espíritos, pessoas possuídas, bruxaria e caçadores de monstros de uma ordem mundial nascida no tempo do rei Salomão. Será David capaz de sobreviver?
Obscurum Nocturnus vai buscar inspiração principalmente às histórias antigas contadas oralmente pelo nosso Portugal nas aldeias sobre fantasmas, bruxas e lobisomens. Também se inspira em obras de terror e aventura no Cinema, na Banda Desenhada, nas séries de TV e na Literatura escrita. Procurando afastar-se das grandes metrópoles a história passa pela Serra da Freita, Aveiro e Pardilhó.
O prefácio é de Filipe Melo.

O que dizem os outros
“Agarre este livro enquanto pode! Não vai ser capaz de o pousar!"
William Kuskin, Professor de Inglês na Universidade de Colorado Boulder, e criador do Curso Online Aberto e Massivo "Comic Books and Graphic Novels".

"Possessões demoníacas, bruxas, seitas satânicas, Zombies! Em Obscurum Nocturnus, o diabo anda à solta na região de Aveiro.”
João Miguel Lameiras,  Crítico, Professor e Livreiro de Banda Desenhada

“ (…) Assustadora intriga sobrenatural que cruza o quotidiano do nosso país com o universo sombrio que nos recorda o trabalho de autores como HP Lovecraft ou Ray Bradbury.”
Filipe Melo no prefácio

"Conduzida em ritmo pausado, com as personagens introduzidas no momento certo e bem caracterizadas, conduz--nos aos poucos para um campo inesperado (…)”
Pedro Cleto, Autor do blog As Leituras do Pedro

Evento de lançamento:
O livro terá o seu lançamento oficial no X Festival Internacional de BD de Beja no dia 01 de Junho pelas 15h15 na Bedeteca.
Este lançamento será seguido de apresentações por diversos sítios de Portugal que irão sendo divulgados nas páginas oficiais.

Sobre o autor
Diogo Carvalho faz parte do mundo da Banda Desenhada Portuguesa desde o liceu com vários trabalhos nesse campo. Alguns dos trabalhos publicados estão no "Mutate & Survive", no BDJornal, na Terminal, no "Venham +5", nos "Celacanto", nos livros "Murmúrios da Profundezas" (vencedor de melhor fanzine nos Troféus Central Comics 2008) e "Voyager". Como autor a solo fez o fanálbum "Cabo Connection" nomeado para melhor fanzine nos Troféus Central Comics 2007.
É professor do 1º ciclo do Ensino Básico, do 2º ciclo da disciplina de EVT e tem trabalhos realizados nas áreas de multimédia, TV, cinema, teatro e ilustração.
Vive com a sua esposa e o seu filho entre a ria de Aveiro e o mar, na vila da Torreira.







Ficha técnica:
HISTÓRIA E ARTE: DIOGO CARVALHO
CORES DAS IMAGENS DA CAPA: SALVADOR POMBO
DESIGN, SEPARADORES DE CAPÍTULO E SITE: NELSON NUNES
MIOLO: 126 pág., TONS CINZA
ENCADERNAÇÃO: BROCHADA A CORES
EDIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO: DIOGO CARVALHO
PARDILHÓ, PORTUGAL
1ª EDIÇÃO: JUNHO/2014
TIRAGEM: 300 EXEMPLARES
ISBN: 978-989-20-4699-0
Site, página fb e trailers


El Pep
http://edicoeselpep.blogspot.pt/
Tiras do Baralho
André Oliveira e Pedro Carvalho
Existe BD de muito boa qualidade. E depois também existe isto.
“Tiras do Baralho!” é um livro de tiras cómicas de banda desenhada (para quem achar piada) onde ninguém está a salvo, nem os seus próprios autores.
André Oliveira escreveu e Pedro Carvalho ilustrou, sem um pingo de vergonha nas suas caras feias e barbudas. E a El Pep, como não podia deixar de ser, coloca o seu selo editorial num festival de humor negro, nonsense, estupidez e outros adjectivos que eventualmente serão adicionados por quem se sentir ofendido. Ficamos à espera.
O que é que psicopatas, gémeos siameses, amputados, exorcistas, samurais, ceguinhos, epilépticos, nados mortos e dinossauros têm em comum? Assim à primeira vista, nada… E à segunda continua a não ser nada também.
Pelo sim pelo não, podem confirmar já no próximo Festival Internacional de BD de Beja… Porque o “Tiras do Baralho!” andará por lá.




Ficha técnica
60 páginas
P&B
P.V.P: €14

The Mighty Enlil
Pedro Cruz
 “The Mighty Enlil” é fruto da criatividade do autor Pedro Cruz e relata as desventuras da divindade suméria Enlil em pleno século XXI.
Batalhas épicas, rivalidade entre irmãos, viagens no tempo, amor e inveja – é este o reino deste fantástico álbum de BD, estreia editorial no nosso país de mais um autor nacional de talento pela chancela da El Pep.
Os leitores estão convocados e a pergunta é só uma: “estará o mundo contemporâneo preparado para a força dos Anunnaki?”



Ficha técnica
64 páginas
Cor
P.V.P: €14,50
 


Gradiva
O Tigre Assassino ataca de novo (reedição)
Bill Watterson  

Há tesouros por toda a parte (reedição)
Bill Watterson 


 Kingpin Books
Safe Place
André Pereira (com Paula Almeida)
 "Eles não vêm, pois não?"
Com encontro marcado com outros dois miúdos, Magus e Dragoon deambulam pelos limites da vila, onde aguardam pela chegada dos amigos. Enquanto matam o tempo a andar de skate e a manipular magia, conversam languidamente sobre a vida no subúrbio, à medida que se torna óbvio que os outros poderão afinal não aparecer.
Escrita e desenhada por André Pereira (Super Pig: O Impaciente Inglês), com conceitos e ilustrações adicionais de Paula Almeida, SAFE PLACE é uma BD de refúgio e de fantasia, cuja acção se passa num mundo de crise adolescente e batalhas por turnos.
Uma edição Kingpin Books, em colaboração com a chancela de fanzines “Clube do Inferno”.





Ficha Técnica
24 páginas
preto e branco
Formato: 19,3 x 27,6cm
PVP: 5,99 € (Preço de lançamento: 4,99 €)

As Serpentes da Água
Tony Sandoval
«Anda comigo! Agora somos animais! Eu sou uma raposa e tu és uma serpente de água com uma máscara de coelho!»
Num encontro fortuito à beira do rio, Mila conhece Agnès, uma misteriosa rapariga com uma personalidade fascinante e uns dentes verdadeiramente belos e incomuns. Intrigada e obcecada com a sua nova amiga, e instigada pela imaginação aparentemente delirante do irmão desta, Mila despoleta inadvertidamente uma sucessão de acontecimentos que irá revelar a verdadeira natureza de Agnès e o seu envolvimento com uma estranha criatura em cativeiro, vítima de uma guerra milenar entre os espíritos do Céu e da Terra.
Depois de Doom Boy, nomeado em 2012 para os prémios do Festival Internacional de BD de Angoulême, TONY SANDOVAL regressa com mais uma história invulgar e deslumbrante, numa mescla perfeita entre o bizarro e o onírico, dentro do registo autoral ímpar que o autor mexicano tem vindo a desenvolver, ao longo da última década, no mercado europeu.







Ficha Técnica
Capa dura, cores, 144 páginas
Dimensões: 19,5 x 27,5cm
ISBN: 978-989-8673-05-3

P.V.P.: 19,95 € (Preço de lançamento: 18,95 €)


Os textos, quando existem, são da responsabilidade das editoras, com alteração para a grafia pré-Acordo Ortográfico da responsabilidade de As Leituras do Pedro.

Algumas das edições aqui apresentadas podem ter sido editadas anteriormente,
mas só agora tomei conhecimento delas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...