Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

03/12/2013

Cicero's Cat estreou-se há 80 anos


A 3 de Dezembro de 1933, no topo da prancha dominical de "Mutt and Jeff", aparecia, pela primeira vez, "Cicero's cat", com a assinatura de Bud Fisher, criador daquela banda desenhada. Em Portugal, ficou conhecida como "A Gata do Tobias".
Na verdade, nem se tratava de uma estreia, a gata em causa já tinha surgido entre 1930 e 1932, em "From 9 to 5", e o seu autor era, na realidade, Al Smith, responsável "fantasma" pela prancha dominical de "Mutt and Jeff" desde 1932.
A sua felina, baptizada como Esmeralda nos primeiros episódios e, depois, definitivamente, a partir de 1934, Desdemona (com o diminuitivo de "Desi"), ficaria conhecida como a gata de Cícero, o filho de Mutt, em cujas páginas fez múltiplas aparições.


Tira quase sempre muda, inicialmente a preto e branco, apostava num humor mais imediato, assente na sua glutonaria, só suplantada pela sua preguiça e pelo seu medo de cães. Movimentando-se com a graciosidade de um felino real, mais à vontade ao ar livre do que em ambientes domésticos, assumia, por vezes, posturas antropomórficas e surgia vestida, falando com outros animais ou, também, com os leitores.
Al Smith (falecido a 24 de Novembro de 1986) assinou as suas peripécias com um traço bem legível, agradável e arredondado até 1980, quando as entregou a George Breisacher, que as manteve até ao seu cancelamento, dois anos mais tarde.
Em Portugal, a série foi rebaptizada como "A gata do Tobias", tendo sido publicada nos anos 50, de forma irregular, pelo menos no "Mundo de Aventuras" e na "Colecção Audácia".

(Versão revista do texto publicado no Jornal de Notícias de 3 de Dezembro de 2008)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...