Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

21/09/2013

Leituras Novas – Setembro de 2013

Os textos, quando existem, são da responsabilidade das editoras, com alteração para a grafia pré-Acordo Ortográfico da responsabilidade de As Leituras do Pedro.
Algumas das edições aqui apresentadas podem ter sido editadas anteriormente,
mas só agora tomei conhecimento delas.

Âncora Editora
João de Deus – A magia das letras
José Ruy
O novo álbum de banda desenhada de José Ruy dedica-se à vida e obra de João de Deus. Poeta, pedagogo e humanista, João de Deus deu origem a um método de aprendizagem de grande difusão com a sua Cartilha Maternal, tornando-se numa importante, senão a principal, referência pedagógica do século XIX. Actualmente, a obra de João de Deus é detentora de 55 centros educativos, entre eles um museu, uma casa-museu e uma Escola Superior de Educação.


Associação Juvemédia
JuveBêDê #54 



Bizâncio
Pérolas a Porcos #9 - 50 milhões de fãs não podem estar enganados
Stephan Pastis
Pérolas a Porcos, de Stephan Pastis, é o relato, tira a tira, da história de dois amigos: o Rato, arrogante e egocêntrico, e o Porco, lento de cabeça, penosamente ingénuo, um «ursinho de peluche».
Acompanham-nos a Zebra, activista dos direitos herbívoros; o Bode, um crânio relutante que gosta de ser tratado com o devido respeito; e os Crocs obsessivamente carnívoros.
Com esta trupe diversa, Pérolas traça uma caricatura deliciosa dos defeitos e limitações da natureza humana.
Senhoras e Senhores, o espectáculo continua…


Kingpin Books
Palmas para o Esquilo
David Soares e Pedro Serpa
PALMAS PARA O ESQUILO, escrito por David Soares e desenhado por Pedro Serpa, consiste numa observação sobre a distância que separa a imaginação da loucura e como a primeira pode transformar-se na segunda.
Passado numa instituição para doentes mentais, Palmas Para o Esquilo recusa os lugares-comuns associados aos asilos para apresentar os loucos numa luz positiva e compassiva, numa abordagem que parte da loucura como alegoria para a condição humana.
O asilo é um mundo, mas a loucura é uma anti-linguagem, porque não permite a comunicação. Isolados dentro das suas próprias mentes, só a imaginação pode libertar a alma.
Dos mesmos autores de "O Pequeno Deus Cego", vencedor em 2012 do Prémio Nacional de BD para o Melhor Argumento, atribuído pelo Amadora BD.
Ler mais sobre este livro aqui.


NetCom 2
Caroline Baldwin #1 – Moon River
Andre Taymans
Bonita, inteligente, desportista e solteira, Caroline Baldwin trabalha para a Wilson Investigation. Encarrega-se de resolver os enigmas mais díficeis. No momento em que a conhecemos, a sua missão é encontrar Frank White, um brillante astronauta, veterano na conquista da Lua. 
White é administrador da multinacional Kristal, especializada em material de vanguarda de exploração espacial e tem de assinar um importante contrato com uma empresa japonesa. Sem White, não há contrato. Caroline segue as pistas para descobrir o seu paradeiro e é então que começam os problemas. Quem tem interesse em encontrar o astronauta?
Taymans criou a personagem de uma mulher forte, moderna, muito independente, tanto no seu trabalho como no amor, mas também carinhosa e sensível. Com uma boa dose de suspense, muita nostalgia, um pouco de fantasia e paixão, Moon River é o primeiro título das investigações de Caroline Baldwin.

Keos #3 – O bezerro de ouro
Jacques Martin e Jean Pleyers
Keos é um jovem que nasceu entre os milagres e as tempestades do Antigo Egipto. 
Companheiro fiel do faraó Mineptah, recebeu a protecção do deus Osíris sob a forma de um anel mágico que dá um poder salvador da humanidade.
Keos é emissor de paz entre os povos egípcio e hebreu, que se massacram pelos seus deuses e pelas suas terras.


Polvo
Ar puro e água fresca
Pero
Filho de caçador, Joshua vê-se brutalmente órfão após o ataque à casa familiar por um grupo de índios. Terá então de aprender a sobreviver sozinho e a tornar-se adulto no ambiente vasto e rude das Montanhas Rochosas de meados do século XIX.
Nesta história, o autor coloca o seu traço elegante ao serviço de uma fábula inteiramente muda que conta a natureza selvagem dos grandes espaços e a natureza não menos frustrada dos homens.
Este é um western iniciático, trágico, com toques de humor, um romance que alia uma radicalidade gráfica e de argumento, que se mantém de uma extraordinária fluidez de fio a pavio, pois Pero escolheu o silêncio para deixar exprimir a força das ilustrações.

Originário de Grenoble, França, Pero, pseudónimo de Olivier Peret, começou por estudar Desporto antes de ingressar na Academia de Belas-Artes de Tournai. Acabados os estudos, dedicou-se de corpo e alma à criação e animação da revista “Cheval de Quatre”. Vive em Lille.
Com “Ar puro e água fresca”, a sua primeira obra enquanto autor completo, Pero aceita o desafio de uma história muda, onde revela um belo domínio gráfico e narrativo.


Edições Online

A Filactera
Calafrios #1
Tenho o prazer de vos apresentar a Calafrios!, uma revista de BD dedicada a histórias de terror da década de 1950. Contém histórias curtas ilustradas por autores de renome como Alex Toth e Basil Wolverton, anteriores ao famigerado selo da Comics Code Authority que veio impôr restrições acerca do que se podia mostrar ou dizer nos comics dos E.U.A. Isso permitia algumas ousadias visuais para a época, como podem ver pela capa deste primeiro número.
O objectivo da Calafrios! é divulgar em português algumas obras praticamente desconhecidas do lado de cá do Atlântico mas que fazem parte da História dos horror comics.
Podem ler a revista online (ISSUU) ou transferi-la para o vosso computador ou tablet num dos formatos disponíveis (PDF ou CBR) clicando aqui.
Espero que gostem e que passem uns bons momentos a ler estas histórias “horrorosas”. 
Partilhem, ofereçam, divulguem e dêem as vossas opiniões, sugestões e críticas.


Qual Albatroz
Buterfly Chronicles – Crónica primeira: Hanako
João Mascarenhas
O mais recente trabalho de João Mascarenhas chama-se Butterfly Chronicles, será multilingue e terá edição ex­clusiva em formato digital. A primeira das dez crónicas da série já pode ser descarre­gada gratuitamente no site da editora Qual Albatroz.
O autor João Mascarenhas, conhecido pela sua personagem e alter ego Menino Triste, acaba de iniciar um novo projecto editorial intitulado Butterfly Chronicles. Terá periodicidade bimestral e estão previstas, no total, dez crónicas, que serão publicadas durante este e o próximo ano, em três línguas diferentes: português, inglês e japonês.
A acção de Butterfly Chronicles passa-se num univer­so alternativo em que a investigação científica no domínio da robótica e da inteligência artificial estão prestes a entrar numa nova era, e irão alterar o modo como seres humanos e máquinas coexistem. É no seio deste novo mundo tecnológico que surge Hanako, uma jovem com um poder muito especial e cuja personalidade se começa a desenhar nesta primeira crónica.
Butterfly Chronicles é uma banda desenhada de inspiração manga, estilo que tem conquistado grande popularidade sobretudo graças aos leito­res de e-books e tablets de sete polegadas, que se adequam perfeitamente a este formato de banda desenhada.
Como um dos objectivos do autor é mergulhar por completo nesta cultura da BD japonesa, seja no universo e no estilo do desenho, seja nas for­mas de divulgação, o livro foi pensado, desde o início, como uma edição exclusiva para e-book. Neste momento, estão disponíveis versões em PDF de alta resolução e em MOBI (o formato do Kindle da Amazon).
A Qual Albatroz aprimorou a experiência de leitu­ra para aparelhos Kindle, fazendo uso das novas potencialidades específicas para livros de banda desenhada que só este formato oferece. Se tiver um Kindle, poderá alternar entre a leitura por prancha ou por vinhetas. Em aparelhos de tinta electrónica, a última opção torna a leitura muito mais confortável.
Butterfly Chronicles já está disponível e pode ser descarregado gratuitamente da loja online da QualAlbatroz. Venha conhecer a Hanako.


Não é BD mas…
Booksmile
Tommy Fiasco #1 – Sempre a meter água
Stephan Pastis
Eis o "detetive" Timmy Fiasco, estrela do livro cómico do ano.
Ele é o fundador, presidente e administrador da agência de detectives com o seu nome: Fiasco, Lda. A Fiasco, Lda. é a melhor agência de detectives da terra e, provavelmente, da região. Talvez até de todo o mundo.
Mas quando ele passa a ter um sócio, um enorme urso polar chamado Total, o resultado passa a ser Fiasco Total, Lda.
Com personagens irresistíveis e um humor visual que decorre num ritmo perfeito, este livro vai deixar-te a roncar de tanto rir. Um livro e um herói que se distinguem claramente dos seus rivais.

Stephan Pastis é um dos mais conhecidos cartoonistas dos EUA, brilhando com a aclamada BD Pearls Before Swine, publicada em mais de 600 jornais, entre os quais o New York Times.
Ainda que se tenha licenciado em Direito, a sua paixão desde pequeno era desenhar. Durante a infância fechava-se no quarto a criar histórias em BD, e os seus desenhos faziam sucesso no jornal da escola.
Já a exercer advocacia, Stephan Pastis decidiu finamente mostrar os seus desenhos a diversas editoras e, depois de algumas rejeições,Pearls Before Swine fez saltar o autor para a ribalta, com milhares de publicações online, jornais e em muitos livros bestsellers. Em 2013 decidiu arriscar no mundo da literatura infantil, e assim nasceu Timmy Falhado, bestseller do New York Times.


A Booksmile disponibiliza os primeiros capítulos grátis, aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...