Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

15/07/2013

XI Troféus Central Comics: Os vencedores

MELHOR PUBLICAÇÃO NACIONAL (TCCN)
Hän Solo, de Rui Lacas (Polvo)

MELHOR PUBLICAÇÃO ESTRANGEIRA (TCCE)
Três Sombras, de Ciryl Pedrosa (Polvo) 

MELHOR PUBLICAÇÃO CLÁSSICA (TCCC)
Wolverine – Arma X, de Barry Windsor-Smith e Chris Claremont (Levoir/Público)

MELHOR PUBLICAÇÃO HUMOR (TCCH)
Pequenos Prazeres 1, de Arthur de Pins (Contraponto)

MELHOR PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE (TCCI)
Zona Desenha (Associação Tentáculo)

MELHOR PUBLICAÇÃO TÉCNICA (TCCT)
Amor (El Pep Livros) 

MELHOR OBRA CURTA (TCCO)
O Desenho e Eu, de Jorge Coelho (Zona Desenha)

MELHOR ARGUMENTO (TCCARG)
Rui Lacas (Hän Solo)

MELHOR ARTE (TCCART)
Rui Lacas (Hän Solo)

4 comentários:

  1. E as percentagens já se sabem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Optimus,
      As percentagens foram reveladas juntamente com o nome dos vencedores, mas não me pareceram relevantes...
      mas já que perguntas, aqui ficam:

      MELHOR PUBLICAÇÃO NACIONAL (TCCN)
      Hän Solo (Polvo) – 39%
      Mesinha de Cabeceira vol.23: Inverno (CCC) – 21%
      O Baile (Kingpin Books) – 19%
      Diário Rasgado (Mundo Fantasma) – 18%
      Sobrevida (Imprensa Canalha) – 3%

      MELHOR PUBLICAÇÃO ESTRANGEIRA (TCCE)
      Três Sombras (Polvo) – 31%
      Persépolis (Teorema) – 22%
      Portugal (Edições Asa) – 21%
      Comprimidos Azuis (Devir) – 19%
      Fun Home: Uma Tragicomédia Familiar (Contraponto) – 7%

      MELHOR PUBLICAÇÃO CLÁSSICA (TCCC)
      Wolverine – Arma X (Levoir) – 34%
      Sangue Violeta e outros contos (El Pep Livros) – 20%
      Demolidor – Renascido (Levoir) – 19%
      O País dos Cágados (Bertrand) – 14%
      Spirou – QRN sobre Bretzelburgo (Asa) – 13%

      MELHOR PUBLICAÇÃO HUMOR (TCCH)
      Pequenos Prazeres 1 (Contraponto) – 28%
      Há Piores! 2 (Polvo) – 26%
      Bem Dita Crise! (Documenta) – 18%
      O Mundo de Garfield (Booktree) – 17%
      Mutts 5 – Os nossos Mutts (Devir Edições) – 11%
      MELHOR PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE (TCCI)

      Zona Desenha (Associação Tentáculo) – 41%
      Autobiografia sem Factos (TóPedro) – 18%
      Efeméride #5 – Corto Maltese no Século XXI (Geraldes Lino) – 15%
      Magical Otaku #1 (Ruru Comix) – 15%
      Doom Montain (Zé Burnay) – 11%

      MELHOR PUBLICAÇÃO TÉCNICA (TCCT)
      Amor (El Pep Livros) – 25%
      World Press Cartoon 2012 (WPC) – 22%
      O Jogo da Glória (Quidnovi) – 19%
      23º Amadora BD – Autobiografia (CNBDI) – 18%
      BDjornal #29 (Pedranocharco) – 16%

      MELHOR OBRA CURTA (TCCO)
      O Desenho e Eu, de Jorge Coelho (Zona Desenha) – 38%
      Framed Winter, de João Fazenda (Mesinha de Cabeceira v.23) – 30%
      Sem Título, de João Chambel (Mesinha de Cabeceira v.23) – 13%
      Tao, de Victor Freudt e Bruno Bispo (Zona Nippon 1) – 13%
      Sem Título, de Filipe Abranches (Mesinha de Cabeceira v.23) – 6%

      MELHOR ARGUMENTO (TCCARG)
      Rui Lacas (Hän Solo) – 34%
      Nuno Duarte (O Baile) – 23%
      João Fazenda (Mesinha de Cabeceira v.23: Inverno) – 21%
      Marco Mendes (Diário Rasgado) – 13%
      António Gomes de Almeida (O País dos Cágados) – 9%

      MELHOR ARTE (TCCART)
      Rui Lacas (Hän Solo) – 39%
      Joana Afonso (O Baile) – 26%
      Marco Mendes (Diário Rasgado) – 22%
      Zé Burnay (Doom Mountain) – 9%
      Carlos Pinheiro (Sobrevida) – 4%

      Foram registados 420 votos validados, 53% dos quais por homens e 47% por mulheres, e um 11% deste total profissionais do sector, entre autores e editores, mais colunistas/bloggers.

      Boas leituras

      Eliminar
  2. Nada de novo, os premiados do costume... com execepção do Pep, do qual tive a oportunidade de ler no início deste ano o livro premiado. Parabéns.

    Quanto ao resto, comtinuo a manter a minha opinião que os prémios de banda desenhada em Portugal são uma farsa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      Lamento não ter um nome desse lado.

      Os prémios, sejam eles quais forem, só têm o valor que nós lhes queremos dar.
      Pelos vistos, segundo percebi, todos os prémios de BD em Portugal são uma farsa. Os Nacionais organizados pelo AmadoraBD, votados por uma base alargada de pessoas ligadas à BD, os do Central Comics, votados pelos visitantes do portal, os Prémios Profissionais, escolhidos por um júri constituído por 25 pessoas entre críticos, editores, autores... Tudo sistemas com méritos e defeitos, digo eu.
      Tudo gente comprada, suspeita ou ignorante em sua opinião...
      Qual seria então o sistema ideal para si? Ou, que obras poderiam ser seleccionadas para que a farsa acabasse?
      Tudo se complica quando queremos impor o nosso gosto, a nossa opinião aos outros...

      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...