Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

18/05/2013

Fred Funcken (1921-2013)








A BD franco-belga perdeu o autor Fred Funcken, contava 82 anos.


Natural de Verviers, na Bélgica, iniciou o seu percurso nos quadradinhos aos 18 anos, na revista “Spirou”, tendo ao longo de meio século passado por muitos dos títulos emblemáticos da BD francófona, com realce para a revista Tintin, onde entrou em 1952 e de que viria a tornar-se um dos pilares.
Com um traço realista, preciso e rigoroso, colaborou com alguns dos grandes autores do seu tempo (Jacobs, Macherot, Duval…) e deu vida a criações pessoais, episódios históricos e adaptações literárias.
Argumentista e desenhador, deixa como marcas maiores “Le chevalier Blanc”, uma série medieval, um dos seus temas de eleição, “Harald le vicking” ou o western “Jack Diamond”, merecendo especial destaque os 17 tomos ilustrados que dedicou aos uniformes e armas através dos séculos. E, também, centenas de histórias curtas, parte das quais encomendadas para preencher falhas de outros autores, dada a rapidez com que elaborava as suas obras, muitas delas criadas em parceria com a sua esposa, Liliane.
Em Portugal, é possível encontrar obras suas em especial nas páginas do “Cavaleiro Andante” (“O Cavaleiro Branco”, "Harald, o vicking", “O Conde de Monte Cristo”,“Cid, o campeador”…) e do “Mundo de Aventuras” (que publicou alguns dos episódios de Jack Diamond), tendo sido igualmente publicado em “O Falcão”, “Zorro”, "Tintin" e “Pisca-Pisca”.

(Versão revista e aumentada do texto publicado no Jornal de Notícias de 18 de Maio de 2013)


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...