Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

09/04/2013

Miro Stefanovic vence PortoCartoon-World Festival




Miro Stefanovic, da Sérvia, foi o vencedor do Grande Prémio do XV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, subordinado ao tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade".

O trabalho vencedor tem por título "Shipwreck" [naufrágio], onde num mar de dinheiro naufragam três barcos ("Liberdade", "Igualdade" e "Fraternidade") e várias figuras humanas.
O segundo prémio foi atribuído ao cartoon intitulado "Atrapados" de Boligán (artista cubano radicado no México) e o terceiro para "Libertea" de Wilem Rasing, da Holanda.
Segundo divulgou o Museu Nacional da Imprensa "a elevada qualidade dos trabalhos" levou o júri internacional, presidido pelo holandês Peter Nieuwendijk, a atribuir oito menções honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas) , Inglaterra, Israel, Polónia, Roménia (duas) e Ucrânia.
A edição deste ano teve ainda dois prémios especiais: um de homenagem ao cineasta Manoel de Oliveira e um outro ao prémio Nobel José Saramago. Os vencedores foram respectivamente Maurício Parra, da Colômbia, e a Ivan Prado, autor espanhol residente na Alemanha.
No Porto Cartoon 2013 estiveram em apreciação cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com mais participação: 121 trabalhos, de 41 cartoonistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica.
Para além de Peter Nieuwendijk o júri integrava Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha), Francisco Laranjo, director da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, director do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.
Os vencedores do XV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de Junho, aquando das Festas do S. João.

(Texto da responsabilidade da organização)

4 comentários:

  1. Caro Pedro,
    Em relação à sua mensagem no título, acerca do acordo ortográfico, partilho dos seus sentimentos, mas aqui do lado brasileiro. Assim como o acordo não agradou muitos portugueses, também não agradou muita gente aqui, nos quais me incluo. Mas suspeito que seremos vencidos com o tempo. Aqui no Brasil, toda a grande imprensa, os livros didáticos e os novos lançamentos empregam a nova ortografia.

    Faço votos que continue por muito tempo escrevendo "correctamente" o seu blog.
    Saudações do Brasil,
    um "anónimo", digo, "anônimo", digo...
    meu nome é Elon, do estado de SP...
    (PS: parei aqui após uma busca no Google por "Philip e Francis")

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      Até o tempo nos vencer, poderemos sempre continuar a lutar... O novo acordo é a substituição do lógico e do racional, pelo inexplicável...
      Suponho que encontrou também Philip e Francis, a sátira a Blake e Mortimer, por aqui. São divertidos e dispõe bem!

      Boas leituras... sem acordo ortográfico!

      Eliminar
  2. off topic
    Recebeste o mail Pedro?

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno!

      Recebi, sim, obrigado. Não te respondi antes, porque estive quase 24 horas longe do computador. Um recorde!

      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...