Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

31/03/2013

Astérix chez les Pictes




“Astérix e os Pictos” (“Astérix chez les Pictes”) será o título do novo álbum das aventuras do pequeno guerreiro gaulês, que chegará às livrarias francófonas a 24 de Outubro deste ano. Como tem sido habitual, a edição portuguesa, das Edições ASA, deverá ser lançada em simultâneo com a original.

O anúncio, que foi feito na Feira Internacional do Livro de Bolonha, implica nova ida de Astérix e Obélix a terras britânicas, depois de “Astérix entre os Bretões”, desta vez a “um país rico em tradições”, um “território não muito distante, cujos habitantes orgulhosos e agarrados às suas tradições nos prometem uma história saborosa”, como detalha o comunicado da editora. Os pictos eram originários do leste e norte da actual Escócia, onde fizeram frente aos romanos, o que dará o habitual tom histórico à nova narrativa, na qual será de esperar, por isso, homens com o tradicional kilt.
Como já tinha sido anunciado no ano passado, a 35.ª aventura de Astérix terá como autores Didier Conrad, responsável pelo argumento, e Jean-Yves Ferri, a quem foi entregue o desenho. Será, desta forma, a primeira desde a estreia deste herói, a 29 de Outubro de 1959, no número inaugural da revista “Pilote”, sem a participação directa de Albert Uderzo que se limitará a um papel de supervisão. O desenhador de Astérix, já com 85 anos, passou a assinar também os argumentos da série a partir de “O Grande Fosso” (1977), após a morte de René Goscinny.
O anterior álbum com as aventuras dos gauleses, que em todo o mundo já venderam mais de 350 milhões de álbuns (três milhões e meio em Portugal), foi “O aniversário de Astérix e Obélix – O Livro de Ouro”, lançado em 2009, para assinalar os 50 anos dos dois heróis.

(Versão revista do texto publicado no Jornal de Notícias de 30 de Março de 2013)

2 comentários:

  1. Jorge Fernandes31/3/13 13:52

    Eu, que era um enorme fã da série, confesso que fiquei bastante traumatizado quando puseram o Astérix a lutar contra uns ETs, em 'O Céu cai-lhe em cima da cabeça'. O céu caiu-me foi em cima da minha: nunca mais fui capaz de pegar em qualquer álbum da série. E, claro, nunca mais comprei nenhum.
    Ainda por cima, parece que resolveram rebaptizar os personagens... :(
    Oxalá a série retome um bom nível, e, quem sabe, um dia eu ganhe coragem para pegar de novo num dos álbuns, de uma série que já foi uma das minhas preferidas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Jorge,
      "O céu cai-lhe em cima da cabeça" foi realmente bastante traumático para os fãs de longa data do Astérix - embora eu acredite que possa fazer sentido junto das novas gerações que só o descobrem agora...
      A tradução dos nomes das personagens não é assim tão incómodo quanto isso... digo eu!
      Quanto ao álbum que vem aí, confesso que estou bastante curioso. Vamos lá a ver o que nos trarão Conrad e Ferri...

      Boas leituras... dos Astérix de Goscinny!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...