Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

18/04/2012

Thorgal - Loba


 









Jean Van Hamme (argumento)
Grzegorz Rosinski (desenho)
ASA + Público (Portugal, 18 de Abril de 2012)
225 x 295 mm, 48 p., cor, cartonado
7,90 €





1.       Depois de um tomo – “Aarícia” sobre a infância da esposa de Thorgal…

2.      … e de um relato de tom fantástico – “O Senhor das Montanhas” ...

3.      … eis que a colecção de Thorgal que a ASA e o Público estão a disponibilizar à quarta-feira, no seu terceiro volume mostra o protagonista tal e qual a maior parte dos leitores esperariam: como um vicking, numa história em que imperam a acção e a aventura, impulsionadas pela sede de poder e por desejos cruzados de vingança.

4.      Assim, de regresso à aldeia onde cresceu, a embarcação de Thorgal e da sua família é abordada por um novo chefe, que a requisita e os obriga a desembarcar e a seguir viagem a pé, apesar da avançada gravidez de Aarícia.
5.      Só que, em breve, mais uma vez, a paz e tranquilidade a que Thorgal aspira serão quebradas e os deuses obrigá-lo-ão a pegar em armas para defender os seus.
6.      Mas, como em Thorgal nada pode ser dado como adquirido, a par da faceta claramente aventurosa deste relato – com os componentes necessários para cativar e prender o leitor, com Van Hamme mais uma vez a demonstrar a sua mestria narrativa – decorre uma outra história, muito mais humana, intensa e forte….

7.      … - que é, refira-se, uma outra componente nada desprezável da saga de Thorgal - …
8.      … que neste “Loba” está bem patente na forma como Aarícia afronta e enfrenta os elementos da natureza, os homens, os deuses e o destino, lutando pela sua sobrevivência e pela sobrevivência da criança que está para nascer…
9.      … em circunstâncias extremas e dramáticas que vale bem a pena conhecer…


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...