Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

21/03/2012

L'Orme du Caucase













Colecção écritures
R. Utsumi (argumento)
Jirô Taniguchi (desenho)
Casterman, França, Junho de 2004)
173 x 240 mm, 224 p., pb, brochada com badanas
13,50 €




Pedaços de vidas.
Pedaços de vidas aos pedaços, feitas assim pelos acasos, pelo destino ou pela vontade de quem as viveu ou compartilhou.
Vidas aparentemente desfeitas, destruídas, sem rumo nem fim. Mas tornadas novas vidas, com sentido e objectivos, reconstruídas do (aparente) nada pelo (re)encontro com (outros) seres humanos. Pela (re)descoberta do amor, da amizade, do companheirismo. Pela percepção do que correu mal e, agora, há-de correr melhor. Porque - quando? - as provações fortalecem e preparam para viver. Outra vez.
É disto que nos fala L'Orme du Caucase, uma recolha de contos de R. Utsumi, magistralmente adaptados a banda desenhada pelo traço suave, fino e delicado de Jirô Taniguchi, um dos autores recorrentes nesta coluna, que em cada nova obra surpreende pela sua capacidade de falar de forma simples, mas chamativa e tocante - gentil, definiu alguém - das coisas simples da vida.
Seja o relato do respeito por um olmo imponente ou o da descoberta do amor na 3ª idade. Ou de reencontros após longas separações, entre irmãos ou pais e filhos ou até entre uma sogra e uma nora que quase não se conheceram.
Pela forma admirável como os rostos das suas personagens, extremamente expressivos, nos transmitem os seus sentimentos e emoções, quantas vezes contidos. Ou ainda pelas suas belas pranchas, composições a preto e branco, que os nossos olhos sonham em mil cores, em especial quando a natureza invade as imagens e nos faz ansiar pela fuga aos espaços (só aparentemente humanos, afinal opressivos) das grandes cidades.


(Texto publicado originalmente no Jornal de Notícias de 17 de Julho de 2004)

Curiosidade
- Este é mais um tomo da colecção écritures, já diversas vezes presente aqui As Leituras do Pedro, que este mês completa 10 anos de bons serviços. Conto voltar a ela, repetidamente, nas próximas semanas.

2 comentários:

  1. Já agora, quantas páginas tem o livro?

    Lili

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 224 páginas de leitura recomendada!
      Obrigado pela atenção!
      Boas leituras, independentemente do número de páginas!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...