Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

26/01/2012

Hellboy









A Bruxa Troll e outros contos
Mike Mignola (argumento e desenho)
Richard Corben (desenho)
P. Craig Russell (desenho)
G. Floy Studio (Portugal, Novembro de 2011)
170 x 260 mm, 136 p., cor, brochado com badanas
15,99 €


Resumo
Sétimo tomo de Hellboy lançado em Portugal, esta colectânea de histórias curtas, publicadas entre 2003 e 2007 em diversas revistas ou na forma de mini-séries, inclui: A Penanggalan, A Hidra e o Leão, A Bruxa Troll, O Vampiro de Praga, A Experiência do Dr. Carp, O Ghoul e Makoma.
O desenho desta última é da autoria de Richard Corben, tendo P. Craig Russell desenhado O Vampiro de Praga

Desenvolvimento
Curiosamente, aquele que poderia ser o maior atractivo deste livro, é também o seu ponto menos conseguido. Refiro-me, às duas histórias que Mignola não desenhou pois, se é inegável o maior talento artístico – de um ponto de vista clássico e formal, sem que isso diminua o seu talento de autores de BD - de Corben e Russell, o “seu” Hellboy – servido por um traço mais apurado (e por cores mais vivas no caso de Corben) - perde no recriar dos ambientes típicos da série. Falta-lhes o aspecto sombrio, o traço menos definido, mais estilizado, o uso de sombras, que potenciam a sensação de temor e receio do desconhecido, do estranho, do misterioso que caracteriza a maior parte dos relatos do demónio.
Características que encontramos nas histórias de que é autor completo Mignola, que aproveita estes contos para consolidar e aprofundar os ambientes e temáticas místicos e fantásticos que lhe são caros. Ao mesmo tempo que explora lendas e mitos europeus e africanos, tornando Hellboy seu participante ou protagonista, o que contribui para reforçar a sua aura e a sua dimensão face aos demónios e seres fantásticos que tem que enfrentar.
Em termos pessoais, se gostei especialmente dos argumentos de Makoma e de A Bruxa Troll, a pérola desta compilação – de que merece referência a inclusão de um comentário de Mignola sobre cada relato – é A Experiência do Dr. Carp, pela forma elíptica como está narrada e pela dúvida que fica após a sua leitura.


2 comentários:

  1. Este livro é fantástico... valeu cada cêntimo gasto nele!!
    A G.Floy edita pouco mas bem. Espero sinceramente que continuem assim...

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Mignola é Grande!
    Também gostei particularmente da "Experiência do Dr. Carp", é enigmática. Penso que os vilões já tentaram uma (outra) vez invocar o Hellboy, ou alguem mesmo parecido com ele, e no Presente as assombrações dos vilões reviveram o momento com o Hellboy a tomar o lugar do anterior demónio.
    Isto torna-se interessante porque o Mignola está actualmente a trabalhar numa nova história em que o Hellboy morre, e esta curta dá-lhe uma porta aberta para matar um dos Hellboys mas não o "nosso", é o desejo aqui do fã

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...