Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

17/06/2011

Dragon Ball

#9 - Baba, a vidente
#10 - O 22º Grande Torneio
Akira Toriyama (argumento e desenho)
ASA (Portugal, Maio de 2011)
120 x 180 mm, 192 p., pb, brochado
9,60 €

1. Dez livros depois, volto a Dragon Ball.
2. Se não convertido, pelo menos esclarecido e convencido.
3. E, por que não dizê-lo, também divertido.
4. Esclarecido quanto às qualidades que fizeram de Dragon Ball um êxito:
5. Um ritmo alucinante, reforçado pela planificação diversificada e dinâmica, pelo uso recorrente de linhas de movimento e pela constante mudança de pontos de vista;
6. Um desenho simples, mas extremamente eficaz, simpático, agradável e divertido;
7. Um argumento que, se bem que sempre assente nos mesmos dois vectores – a procura das bolas de dragão para concretizar um desejo, cuja segunda “saga” conclui no tomo #10, e constantes combates, sendo que naquele tomo se inicia mais um grande torneio – consegue ir inovando a constante repetição de situações, ao mesmo tempo que combina de forma equilibrada a componente acção, com as componentes surpresa e humor;
8. Um herói simpático – Son Goku – a um tempo simples e ingénuo – quase um pouco parolo até – mas também decidido, bom, de coração puro e movido apenas pela amizade e o desejo de ajudar os seus amigos, conseguindo assim grandes feitos.
9. Convencido, depois, pela forma como esta “receita” continua a funcionar mais de 1500 pranchas depois, sem cansaço evidente.
10. E, por tudo o que atrás fica escrito, divertido. Porque, é dessa forma, que tenho terminado a leitura de cada volume.
11. Sem deixar de esclarecer que Dragon Ball não é uma daquelas obras-primas incontornáveis na história da BD, não me custa nada reconhecer que é uma obra muito eficaz, com tudo para agradar a quem procura uma leitura que disponha bem, independentemente da idade…
12. … e com mais ainda para funcionar junto das camadas etárias mais novas.
13. Uma palavra final para assinalar o cumprimento da periodicidade mensal por parte da ASA o que, podendo parecer menor a alguns, é algo que não tem acontecido muitas vezes na edição da BD em Portugal.
14. E que, acredito, será um factor fundamental para transformar Dragon Ball no êxito comercial que a editora com certeza espera. A obra tem tudo para isso.

4 comentários:

  1. Concordo com tudo!
    A palavra certa é divertimento a 100%
    ;)

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Pedro Cleto21/6/11 12:17

    Olá Bongop,
    Sem dúvida divertimento é a palavra que melhor define Dragon Ball...
    E não deixa de ser curioso ver a enorme diferença entre o manga e o anime...
    Abraço!

    ResponderEliminar
  3. hehehehe
    Eu já conheço o Manga vai para muitos anos e sempre o achei melhor que o Anime!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Pedro Cleto22/6/11 09:59

    Bongop,
    Eu também conheço o manga há muitos anos e nunca consegui ver mais do que 5 minutos do animé sem me agoniar... eh eh eh!
    Abraço!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...