Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

23/12/2009

The Simpsons, 20 anos - Curiosidades

A vida é um inferno
“Life is Hell” no original, é uma série de cartoons criada por Matt Groening em 1977. Inspirado na sua vida em Los Angeles, a série – cujo primeiro tomo, "O amor é um inferno", foi editado pela Gradiva –, protagonizada por Sheba e Binky, um casal de coelhos antropomórficos, disseca o amor, o sexo, o trabalho, as férias, as crianças, os (malditos) críticos ou a inevitabilidade da morte, ou seja, tudo o que contribui sobremaneira para infernizar a (nossa) vida.

As vozes
Por detrás das vozes dos Simpsons, estão um restrito número de intérpretes, que dobram diversas personagens: Dan Castellaneta (Homer, Abe Simpson ou Krusty); Julie Kavner (Marge ou as suas irmãs Patty e Selma); Nancy Cartwright - uma mulher, é verdade! – (Bart ou outras crianças): Yeardley Smith (Lisa); Hank Azaria (Apu, chefe Wiggum ou Moe); Harry Shearer (Skinner, Flanders, Mr. Burns ou Smithers). Diferendos relativos a honorários e percentagem sobre os DVDs com os episódios já originaram duas greves e a suspensão das gravações da série.
Em Portugal, a série televisiva foi desde sempre legendada mas o filme teve uma versão dobrada por José Jorge Duarte (Homer), Cláudia Cadima (Marge), Carla de Sá (Bart) e Manuela Couto (Lisa), entre outros.

Celebridades nos Simpsons
Qual o (único?) ponto comum entre Bill Clinton, George Bush, Tony Blair, Fidel Castro, Tom Hawks, Alan Moore, U2, Stones, Paris Hilton, Amy Winehouse, David Beckham, Paul McCartney, Bill Gates, J. K. Rowling, Kim Bassinger, Britney Spears, Woody Allen, Elizabeth Taylor, Stan Lee, Michael Jackson, George Clooney, Neil Armstrong, Pelé, Sarkozy e Carla Bruni? O terem participado num episódio dos Simpsons, (quase sempre) dando voz à personagem com a sua cara! Desde a primeira aparição dos Aerosmith, em Novembro de 1991, foram mais de duas centenas as celebridades convidadas – muitas delas a seu pedido!

O filme
Estreado em Julho de 2007, “The Simpsons movie” era um projecto de dez anos que demorou quatro a realizar, custou 65 milhões de dólares e foi um sucesso.
Episódio longo da série, com animação mais cuidada, transporta para o grande ecrã o ritmo televisivo e começa quando Homer provoca um enorme desastre ambiental em Springfield, o que leva a Agência de Protecção Ambiental (EPA) a isolar a cidade dentro de uma redoma de vidro. Conseguindo fugir ao linchamento pelos seus concidadãos, os Simpsons vão para o Alasca, onde Homer fará uma atribulada peregrinação e busca interior, de que sairá pronto a redimir-se e a assumir - como raras vezes aconteceu - as suas responsabilidades.

Itchy & Scratchy
São os protagonistas dos desenhos animados preferidos de Bart e Lisa, aqueles que eles vêem na sua televisão sempre que podem e cujos argumentos chegaram a escrever, usando como pseudónimo o nome do avô.

São uma versão gore – muito gore mesmo, com sangue e violência a jorros – de Tom e Jerry.

Banda desenhada
O sucesso televisivo levou ao lançamento, em Novembro de 1993, de "Simpsons Comics", ainda em publicação, com histórias originais, a maioria seguindo o quotidiano da família, outras colocando como protagonistas os super-heróis de Springfield ou as estrelas televisivas Itchy & Scratchy.

A sua equipa criativa, onde se destacou Bill Morrison, foi capaz de transpor para uma nova linguagem o espírito e a dinâmica do original.

Os Simpsons em manga
Um desenho de uma obscura ilustradora, Space Coyote, divulgado na net no início de 2007, que mostrava os "Simpsonzu", uma "foto de família" com duas dúzias dos mais conhecidos intérpretes de "The Simpsons" desenhados com características manga: olhos grandes, bocas escancaradas e aspecto assumidamente asiático, valeu à autora um contrato para fazer uma banda desenhada nesse estilo e também para colaborar em "Futurama", outra série televisiva criada por Matt Groening.

Os Simpsons e Portugal
Em 1995 a sala de estar da família Simpson foi (re)construída em tamanho real no VIII Salão Internacional de BD do Porto e decorada com originais de banda desenhada de Bill Morrison, que esteve presente no evento.
Num dos episódios da série, Homer e a sua família vão assistir ao vivo a um México-Portugal em futebol, supostamente "para decidir qual o melhor país do mundo". Homer afirma que se matará se Portugal não vencer, mas o jogo não chega a acabar, pois os espectadores, cansados da "monotonia" daquele desporto, acabam à pancada nas bancadas…

Marge na Playboy
As comemorações dos 20 anos dos Simpsons incluíram uma entrevista de Marge Simpson à Playboy, com revelações escaldantes sobre a sua relação com Homer e não só, com direito a capa e às habituais fotos em poses sensuais e provocantes…

Selos
Outro aspecto das comemorações foi uma emissão filatélica nos EUA, com cinco selos com os membros da família Simpson, que provocou uma enorme corrida aos balcões dos correios locais.

Os Simpsons em Angola
A chegada dos Simpsons a Angola, em meados deste ano, foi publicitada com uma imagem em que viraram africanos, na cor, indumentária e aspecto: a cabeleira azul de Marge virou 'afro'; Lisa e Maggie fizeram rastas; Bart adoptou uma carapinha bem alisada e Homer passou a beber a cerveja angolana Cuca.

(Versão revista e aumentada do artigo publicado originalmente a 19 de Dezembro de 2009, na revista NS, distribuída aos sábados com o Jornal de Notícias e o Diário de Notícias)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...